HQ/Livros

Notícia

J.M. Straczynski encerra exclusividade com a Marvel

Depois do desgaste com Joe Quesada, escritor segue como free-lancer em Thor e The Twelve

Érico Assis
21.02.2008
12h00

Um dos autores de maior impacto nos caminhos do Universo Marvel nesta década, J.M. Straczynski anunciou esta semana que não renovará o contrato de exclusividade com a editora - que lhe deixou seis anos no comando do Homem-Aranha.

Apesar do fim do contrato, ele segue como free-lancer, escrevendo a série de Thor e a maxissérie The Twelve. Quanto a outra série que criou na Marvel, Esquadrão Supremo (antes Poder Supremo) - em hiato há quase dois anos -, aparentemente o autor não dará continuidade.

straczynski

None
J.M. Straczynski

"Há um fator de conforto em permanecer com um universo por tanto tempo. Mas sempre evitei ficar muito confortável. Penso que precisamos nos desafiar de tempos em tempos a sair dos limites seguros do nosso playground e entrar em outro", disse Straczynski ao site Newsarama.

O escritor - também criador da série de TV Babylon 5 e envolvido na série Jericho - meteu-se em diversas controvérsias com os leitores durante sua estadia em Amazing Spider-Man. A última rendeu uma discussão pública entre ele e o editor-chefe da Marvel, Joe Quesada, quando os dois trabalharam em "One More Day", saga que mudou tudo na vida do Aranha.

Straczynski dá a entender que buscará trabalho em outras editoras a partir de agora. Ele começou a carreira nos quadrinhos colaborando com o estúdio Top Cow, na Image, onde escreveu Rising Stars. Além desta, nunca trabalhou para outras editoras.