HQ/Livros

Lista

HQs Brasileiras | Roly Poly e Labirinto

O espaço dedicado a dicas curtas de HQs nacionais

Marcelo Forlani
03.08.2018
17h03
Atualizada em
03.08.2018
17h48
Atualizada em 03.08.2018 às 17h48

O espaço dedicado exclusivamente para quadrinhos de autores brasileiros está de volta e, dessa vez, com um novo formato. Agora, daremos dicas curtas de dois trabalhos nacionais em formato de lista, mostrando a capa e uma imagem das obras em destaque.

Na quinta edição falaremos de Roly Poly, de Daniel Semanas; e Labirinto, de Thiago Souto.

Confira as críticas dessa semana:

4 - Roly Poly (Mino), de Daniel Semanas [4 ovos]

Roly Poly
Mino/Divulgação

Antes mesmo de ser lançado no Brasil pela editora Mino, Roly Poly chegou às prateleiras da Fantagraphics na San Diego Comic-Con. Apesar de sair primeiro lá fora, a HQ tem roteiro e arte do brasileiro Daniel Semanas, animador que faz sua estreia na nona arte. E que estreia! 

3 - Roly Poly (Mino), de Daniel Semanas [4 ovos]

Rory Poly
Mino/Divulgação

Ambientada na Neo-Seul de 2024, a aventura da jovem Phanta tem velocidade pelas ruas, sarcasmo nos diálogos e muita pancadaria, tudo isso em um ritmo intenso e um traço super estiloso. Além de uma paleta de cores recheada de cores berrantes - influência dos neons asiáticos - há também um senso estético que povoa as páginas, muitas delas com uma simetria wesandersoniana. A história segue essa jovem que vive num mundo de games, redes sociais e muita psicodelia. 

2 - Labirinto (Mino), de Thiago Souto [4 ovos]

Labirinto
Mino/Divulgação

Não conhecia os trabalhos anteriores do Thiago Souto, mas a linda arte que ele usou para divulgar Labirinto no Catarse me conquistou na hora. Tinha um monstro que parecia o cachorrão de A História Sem Fim, cores dessaturadas que lembravam os pôsteres da Mondo e cenários cheios de detalhes. 

1 - Labirinto (Mino), de Thiago Souto [4 ovos]

Labirinto
Mino/Divulgação

Apesar da história ter um segredo, não é difícil ligar as pistas e matar a charada que envolve o protagonista e seu fiel escudeiro em aventuras sombrias. Isso, porém, não diminui em nada a leitura gostosa que vai até a última página.