HQ/Livros

Notícia

Festival de Angoulême premia o brasileiro Marcello Quintanilha

Autor levou o prêmio de Melhor História Policial por Tungstênio

Thiago Romariz
31.01.2016
09h25
Atualizada em
24.12.2016
07h04
Atualizada em 24.12.2016 às 07h04

O quadrinista brasileiro Marcello Quintanilha foi premiado pelo seu livro Tungstênio no Festival Internacional de Histórias em Quadrinhos de Angoulême, na França. Essa foi a primeira vez que ele participou do evento.

None

Natural de Niterói, Quintanilha venceu a categoria "Melhor História Policial (Polar)". Tungstênio saiul em 2014 e recebeu traduções para o espanhol e o francês. A história se passa em Salvador e mostra o cotidiano brasileiro a partir de uma trama que envolve policiais e traficantes.

Hoje Quintalha vive em Barcelona, na Espanha, onde faz ilustrações para os jornais locais.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.