MIS

Créditos da imagem: MIS/Exposição Quadrinhos/Divulgação

HQ/Livros

Notícia

Exposição Quadrinhos contará com cerca de 600 itens; confira detalhes

Evento começa no dia 14 de novembro no MIS, em São Paulo

Fábio de Souza Gomes
05.11.2018
17h14
Atualizada em
05.11.2018
16h15
Atualizada em 05.11.2018 às 16h15

A Exposição Quadrinhos começará no próximo dia 14 de novembro no MIS e apresentará cerca de 600 itens que farão uma ampla retrospectiva do Universo das HQs contadas através de revistas, artes originais e itens raros dos diversos gêneros das histórias em quadrinhos – super-heróis, infantis, terror, aventura, romance, mangá, faroeste, erótico e muitos outros. Confira algumas imagens:

"A origem da arte sequencial remonta à primeira forma de comunicação do ser humano, que desenhava nas paredes das cavernas para registrar e ajudá-lo a entender o mundo à sua volta. Na exposição apresentamos um amplo panorama dos personagens, criadores e expressões dos quadrinhos no mundo todo de uma perspectiva brasileira, contada através de centenas de itens, a grande maioria deles jamais expostos no país", destaca Ivan Freitas da Costa, curador da exposição.

Para chegar aos cerca de 600 itens que integram a exposição, a curadoria levou 18 meses em pesquisas em diversos acervos. Além do próprio curador, cederam peças para a exposição os colecionadores Ricardo Leite, Marcio Escoteiro e Franco de Rosa, o Planeta Gibi, a família de Glauco e diversos artistas como Angeli, Laerte e Ziraldo.

Entre os itens expostos o público poderá ver de perto raridades como a revista com a primeira aparição de Luluzinha, publicada na The Saturday Evening Postem 1935; a edição número 1 de “O Pato Donald” (1950); uma ilustração original de Tintim, de As Aventuras de Tintim, uma das histórias mais conhecidas do belga Hergé; uma arte original da personagem de quadrinhos eróticos Valentina desenhada pelo seu criador, o italiano Guido Crepax; exemplar da revista Giant-Size X-Men1 (1975); uma ilustração original de The Spirit, que traz o personagem mais conhecido de Will Eisner e uma edição do jornal O Mosquito(1873) com capa de Angelo Agostini, desenhista ítalo-brasileiro que teve intensa atividade em favor da abolição da escravatura no Brasil. Agostini também colaborou com As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de Uma Viagem à Corte, considerada a primeira história em quadrinhos brasileira e uma das mais antigas do mundo, item que também estará exposto no MIS.

Programação paralela

Entre novembro e março o MIS realiza uma extensa programação paralela com atividades para adultos e crianças, incluindo cursos, oficinas, exibição de filmes, bate-papo com artistas. Nos primeiros meses estão confirmadas a Virada Nerd (24 e 25/11) queterá 32 horas de programação voltadas para a temática geek; o Cinematographo Especial  com o filme Sin City (25.11);o lançamento do quadrinho O Judoka (29.11) e o evento Além da Telinha – Especial Superman 80 anos (15.12).