HQ/Livros

Notícia

Empresa de Stan Lee vai para o brejo :-(

Empresa de Stan Lee vai para o brejo :-(

Jotapê Martins
18.12.2000
00h00
Personagens de 7th Portal
Segundo a revista Variety, a Stan Lee Media, que vinha enfrentando problemas de fluxo de caixa e queda preocupante do preço de suas ações, interrompeu, por tempo indeterminado, as operações.

Num breve press release emitido sexta-feira, 15 de dezembro, os executivos da empresa disseram que a produção de animações pela Internet só poderia ser retomada caso dessem resultado os esforços para garantir novos financiamentos. No entanto, eles reconhecem que tal empenho não tem se mostrado eficaz uma vez que as ações da companhia foram cotadas, recentemente, em poucos centavos.

As ações haviam sido negociadas acima de dez dólares no meio do ano e se mantiveram perto de nove dólares nos últimos meses. No entanto circularam rumores na Internet, durante as últimas semanas, de que a Stan Lee Media estava sem fundos.

Stan Lee entre suas algumas de sias criações

De início, os rumores foram negados, mas, semanas atrás, a empresa anunciou ter obtido um empréstimo-ponte de dois milhões de dólares a fim de manter as operações em andamento até que se finalizassem os acordos para um financiamento de 40 milhões de dólares. Infelizmente, este dinheiro não chegou, uma vez que as negociações foram interrompida devido ao mau desempenho da Stan Lee Media nas bolsas de valores.

Fundada, há 22 meses, pelo lendário Stan Lee e seu sócio na época, Peter Paul, um empreendedor de Los Angeles, após quase seis décadas de associação entre Lee e a Marvel Comics, a empresa tentou criar franquias de webisódios que pudessem migrar para outras plataformas de distribuição. O produtor Mark Canton estava desenvolvendo um filme a partir da franquia 7th Portal - cujos episódios são atualmente exibidos no canal da FOX KIDS - e ainda não está claro se o fechamento da empresa afetará o projeto.

A Stan Lee Media também se empenhou em crirar personagens animadas e websites baseados em nomes da indústria do entretenimento tais como os astros da música pop. The Backstreet Boys e Mary J. Blige.

Nós ainda acreditamos nos fundamentos de nosso plano empresarial e estamos orgulhos do trabalho que realizamos até o momento, declarou o presidente da empresa, Ken Williams.

A empresa, que empregava 140 pessoas, afirmou ter dispensado virtualmente todo seu quadro, exceto funcionários-chave que vão continuar buscando financiamento. Seus executivos também vão investigar outras opções. Supõe-se que a venda de seus bens não tenha sido descartada.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.