HQ/Livros

Notícia

Doomsday Clock atrasará nos EUA e última edição será lançada apenas em 2019

Publicação será lançada bimensalmente

Fábio de Souza Gomes
26.01.2018
14h47
Atualizada em
01.02.2018
15h20
Atualizada em 01.02.2018 às 15h20

Doomsday Clock será adiada nos EUA e a história finalizará apenas em 2019. A HQ, que reúne a Liga da Justiça com Watchmen, lançou suas três primeiras edições mensalmente e, agora, o escritor Geoff Johns confirmou que o título será bimensal – o que significa que a edição quatro será lançada em março ao invés de fevereiro (Via CBR).

Divulgação/DC Comics

Originalmente, a minissérie estava programada para acabar em novembro de 2018, mas com o atraso a 12ª e última edição deve ser lançada apenas em meados de 2019. Ainda não se sabe se o fato afetará outras HQs da editora.

A razão pelo atraso não foi revelada, mas Johns falou no passado que ele e o desenhista Gary Frank querem entregar seu melhor trabalho possível ao longo de 32 páginas de cada edição.

Doomsday Clock vai concluir a narrativa que Johns iniciou em DC Universe Rebirth #1 e que foi continuada em "The Button", história que está rolando nos quadrinhos do Flash e Batman. A minissérie mostrará o confronto entre a esperança e otimismo do Superman com as ações cínicas de Dr. Manhattan no universo DC.