HQ/Livros

Notícia

DC Comics divulga imagens e detalhes de sua Crise Final

Grant Morrison revela vilão e comenta saga que começa em maio - veja preview

Érico Assis
19.02.2008
00h00
Atualizada em
11.12.2016
10h04
Atualizada em 11.12.2016 às 10h04

Com maio se aproximando, o escritor escocês Grant Morrison começa a dar mais dicas para os leitores do que será Final Crisis, minissérie em sete capítulos escrita por ele - e desenhada por J.G. Jones - que será o evento do ano na DC Comics.

A editora revelou esta semana a capa (veja ao lado) e a descrição da primeira edição:

final crisis

None
Final Crisis #1

"Mundos viverão e heróis morrerão neste conto épico, que vai do início ao fim do Universo DC! Todo o multiverso está sob ameaça quando o misterioso Libra reúne um exército dos mais terríveis super-vilões do UDC. Mas qual é seu plano definitivo? E quem vai sobreviver para descobrir?"

Libra, o vilão mencionado, é um obscuríssimo personagem dos anos 70 - um inimigo da Liga da Justiça que estrelou apenas uma história, na qual enlouquece ao tornar-se parte do próprio universo. Morrison, em entrevista ao Newsarama, admite que vai ressuscitá-lo apenas por ser uma boa memória de gibis da sua infância.

Sobre a crise final como um todo, Morrison é sucinto: "É o apocalipse, basicamente. O dia do julgamento final para o Universo DC". E garante que não haverá um reboot dos super-heróis, como o de Crise nas Infinitas Terras. "Algumas coisas podem sair dali para mudar o universo, mas não é um reboot e não serve para consertar gafes de continuidade. É uma história sobre personagens."

A morte dos Novos Deuses - e, conseqüentemente, o poder total nas mãos de Darkseid e seus asseclas - são parte importante da história. Morrison também lembra que vai tentar enfiar todos - todos! - os personagens que já fizeram parte dos 70 anos de Universo DC nas sete edições da minissérie.

Final Crisis #1 sai em 28 de maio nos EUA.