HQ/Livros

Lista

Copa do Mundo | 5 HQs da Bélgica para ler antes do jogo contra o Brasil

País conta com clássicos da nona arte

Fábio de Souza Gomes
02.07.2018
20h07

O Brasil vai enfrentar a Bélgica na Copa do Mundo, um país que conta com muita tradição também nos quadrinhos. Ao longo dos anos, quadrinistas belgas criaram alguns dos maiores clássicos da nona arte, com publicações conhecidas e publicadas até os dias de hoje.

Com um estilo de desenho bem característico, essas HQs fizeram sucesso não apenas na Bélgica e chegaram até Hollywood, ganhando adaptações em desenhos e até no cinema.

Confira cinco HQs belgas de sucesso:  

Thorgal

Criada por Jean Van Hamme e o desenhista polonês Grzegorz Rosinski em 1977, a HQ de fantasia é uma mistura de mitologia nórdica com ficção cientifica – explorando temas de aventura, drama e até terror. Thorgal é neto de Xargos, o capitão de uma nave que vai em direção à Terra em busca de novas fontes de energia. Após a queda no nosso planeta, ele é criado por Vikings e vira um guerreiro habilidoso e corajoso, com destaque para suas habilidades com o arco e flecha. Seu grande objetivo é encontrar um lugar para viver em paz com sua família e sua história é uma das mais populares do país.

Spirou e Fantásio

Um dos quadrinhos mais conhecidos do mercado franco-belga, a série criada por Rob-Vel é publicada desde 1938 e desde então sofreu diversas transformações até chegar no que conhecemos hoje. No mesmo estilo de Tintim, a série segue dois jornalistas aventureiros que encontram diversas aventuras fantásticas. A publicação conta com duas adaptações para televisão e dois games, mas a importância deles é tão grande na Bélgica que eles contam com estátuas na cidade de Charleroi e no município de Middelkerke.

Lucky Luke

Criada por Morris em 1946, a série de velho-oeste é uma das mais famosas dos quadrinhos. A HQ é focada em Lucky Luke, um pistoleiro tão rápido que é capaz de atirar mais rápido que a própria sombra. Seu parceiro é o cavalo mais esperto do mundo, Jolly Jumper, e seus principais rivais são os Irmãos Dalton e Billy, The Kid. A HQ já foi adaptada diversas vezes para o cinema além de contar com games e animações para televisão. 

Os Smurfs

Criados pelo cartunista Peyo, nome de Pierre Culliford, as pequenas criaturas azuis fizeram sua primeira aparição como coadjuvantes no quadrinho Johan et Pirlouit em 1958 e fizeram tanto sucesso que um ano depois ganharam uma série própria. Liderados pelo Papai Smurf, eles vivem em uma vila no meio da floresta e precisam lidar com as ameaças de Gargamel. A série já ganhou diversas animações ao longo dos anos e, nos anos 2010, Hollywood realizou uma série de adaptações live action dos personagens.

As Aventuras de Tintim

O jornalista aventureiro foi criado por Georges Prosper Remi, mais conhecido ao redor do mundo como Hergé. Lançado em 1929, o jovem jornalista conta com a ajuda de seu fiel parceiro Milu e uma série de personagens clássicos como o Capitão Haddock, os gêmeos Dupond e Dupont e Trifólio Girassol. A HQ virou uma série de televisão em 1991 – que foi exibida no Brasil pela TV Cultura – e mais tarde ganhou uma adaptação cinematográfica dirigido por Steve Spielberg e produzida por Peter Jackson.