Aru Shah e o Fim dos Tempos

Créditos da imagem: Plataforma 21/Divulgação

HQ/Livros

Notícia

Aru Shah e o Fim dos Tempos mostra garota contra demônio ancestral

Livro faz parte da coleção Rick Riordan Apresenta da Plataforma 21

Fábio de Souza Gomes
27.09.2018
13h02

A Plataforma 21 lançou recentemente no brasil Aru Shah e o Fim dos Tempos, primeiro volume da Saga Pândava – série de estreia do selo Rick Riordan Apresenta. Confira a capa da obra de Roshani Chokshi:

Aru Shah é uma garota cheia de imaginação e, para se sentir aceita na escola, sempre aumenta a verdade. Ter um elefante de estimação, ser da realeza, fazer viagens imaginárias a Paris, ter um chofer… Bem, as mentiras que conta não são poucas, mas Aru tem lá suas razões.

Nestas férias, por exemplo, enquanto os outros alunos estarão viajando para lugares superexóticos em suas casas chiques de veraneio, ela terá que ficar plantada no Museu Arqueológico de Arte e Cultura Indiana, onde sua mãe trabalha.

Um dia, três colegas resolvem aparecer no museu para pegá-la em uma de suas mentiras. E eles não acreditam de jeito nenhum que a Lâmpada de Bharata realmente seja amaldiçoada. Apenas uma acendida rápida, Aru pensa, contrariando as regras do lugar. Daí, nada de mentir novamente na escola…

Entretanto, acender a lâmpada traz consequências catastróficas. Sem querer, Aru Shah liberta Sono, um demônio ancestral cujo objetivo é despertar o Deus da Destruição. Além disso, sua mãe e seus colegas ficaram congelados no tempo.

Agora, Aru deve dar um jeito em toda essa bagunça, e a única forma de impedir Sono é encontrando as reencarnações dos lendários irmãos Pândavas numa jornada pelo Reino da Morte.