Morre Artur Xexéo, jornalista e escritor carioca, aos 69 anos

HQ/Livros

Notícia

Morre Artur Xexéo, jornalista e escritor carioca, aos 69 anos

Causa da morte foi um linfoma, segundo o jornal O Globo

Caio Coletti
27.06.2021
21h20
Atualizada em
28.06.2021
09h48
Atualizada em 28.06.2021 às 09h48

O escritor, jornalista e tradutor Artur Xexéo, conhecido por sua coluna no jornal O Globo e por livros como Hebe: A Biografia O Torcedor Acidental, morreu aos 69 anos de idade.

A notícia foi confirmada pelo próprio O Globo. De acordo com o jornal, Xexéo lutava contra um linfoma, nome dado a uma forma de câncer localizada no sistema linfático.

Como escritor, o carioca Xexéo lançou biografias da dramaturga Janete Clair (A Usineira de Sonhos, de 1996) e da apresentadora Hebe Camargo (em 2017); o colaborativo Liberdade de Expressão (2003), ao lado de Carlos Heitor Cony e Heródoto Barbeiro; e a coleção de crônicas O Torcedor Acidental (2010).

Além da coluna em O Globo, o jornalista também aparecia atualmente como comentarista na rádio CBN e no programa Estúdio i, da GloboNews. Durante mais de 45 anos de carreira jornalística, Xexéo ainda passou por Jornal do Brasil, Veja São Paulo Isto É.

Xexéo deixa o marido Paulo Severo, seu companheiro de mais de 30 anos.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.