HQ/Livros

Notícia

A Marvel experimenta dois novos formatos

A Marvel experimenta dois novos formatos

Jotapê Martins
30.06.2000
00h00
Atualizada em
21.09.2014
12h40
Atualizada em 21.09.2014 às 12h40

No início do semestre que vem, a Marvel lançará a coletânea Backpack Marvels. São edições no formato digest (20,3 x 7,2 cm) com 160 páginas, capa colorida e miolo preto e branco, republicando, ao preço de US$6.95, seqüências famosas do Homem-Aranha e dos X-Men. Um volume dos Vingadores e um segundo dos X-Men estão previstos para novembro. A proposta é semelhante a da linha Essentials que também reproduz seqüências clássicas de títulos Marvel em preto e branco. No entanto, Backpacks trará aventuras da década de 70 em diante. A idéia é não concorrer com Essentials e com a coleção Marvel Masterworks, que reproduzem material dos anos 60.  Claro que a coisa não é tão rígida assim. A Marvel não hesitou em incluir Novos X-Men de 1975/76 na coleção Essentials.

Através da nova linha, a Marvel pretende atrair leitores mais jovens, um público habituado com o formato digest. Os títulos estarão disponíveis nas comic shops (mercado de vendas diretas), bem como em livrarias e supermercados. Se tiverem boa acolhida, a editora pretende expandir a linha, oferecendo histórias do Homem de Ferro, Hulk, Thor e Quarteto Fantástico. É irônico notar que, justamente quando a Abril, a maior editora brasileira, abandona seu tradicional formatinho, a maior editora de quadrinhos americana comece a investir num formato tão familiar aos brasileiros.



A SpiderCam, a outra inovação da editora, foi anunciada por Bill Jemas, em recente entrevista ao New York Times. De acordo com seu Presidente de Publicações e Novas Mídias, a Marvel oferecerá, em breve, quadrinhos de graça na internet. O diferencial, porém, é que os gibis não terão desenhos, mas imagens digitais de atores de carne e osso. O astro da primeira fotonovela online será o Homem-Aranha. “Nós estamos tirando o maior número de fotos possível”, diz Henry Tenney, diretor de “Pretty Ugly”, o primeiro episódio do aracnídeo. Ele disse que ilustradores, usando Photoshop e tecnologia Macromedia’s Flash, darão um aspecto consistente ao gibi. Para o ano que vem, está previsto dublagem de voz. De imediato, porém, quando os quadrinhos aparecerem na Marvel.com, os únicos sons serão os efeitos sonoros.