Punho de Ferro | 2ª temporada deve melhorar - tudo o que vimos na SDCC

San Diego Comic Con

Artigo

Punho de Ferro | 2ª temporada deve melhorar - tudo o que vimos na SDCC

Novos episódios chegam à Netflix em 7 de setembro

Thiago Romariz
20.07.2018
12h09
Atualizada em
20.07.2018
15h23
Atualizada em 20.07.2018 às 15h23

A Netflix tem uma presença modesta da San Diego Comic Con 2018. Do seu Hall de franquia famosas, apenas Punho de Ferro tem destaque nos anúncios espalhados pela cidade. A timidez, porém, não apareceu na hora do painel feito no Ballroom 20, segundo maior auditório do evento. Como de costume, a companhia exibiu muito material inédito e deu uma boa ideia de como as coisas vão mudar na segunda temporada da série.

Jeph Loeb, o chefão da Marvel TV, subiu no palco com o uniforme de Daniel San, o Karatê Kid. O executivo fez um discurso quase com tom de desculpas, tranquilizando os fãs e mandando a mensagem de que as lutas e a qualidade da série tinham aumentado. Era preciso ver isso acontecendo para acreditar e, de fato, aconteceu. Após chamar o elenco inteiro, Loeb apresentou as primeiras cenas da temporada com uma série de vídeos.

Depois do teaser, que já está na internet, vimos uma cena de luta entre Danny, três ladrões e um carro forte. A fotografia da cena mostra que a Netflix gastou mais e mudou o direcionamento artístico do seriado. A trilha sonora é mais soturna, mas com toques místicos, e a fotografia explora mais as cores da cidade do que a falsa limpeza que tanto apareceu na primeira. A confirmação dessa sensação veio com a melhor cena exibida no painel: a luta entre Davos e Danny para obter o direito de ser o Punho de Ferro.

O combate demonstra as melhorias nas lutas, que agora são coordenadas pelo coreógrafo de Pantera Negra. Ainda existe a plasticidade do kung fu, mas os movimentos estão menos robóticos e a violência e o impacto dos golpes parecem mais reais. O mesmo aconteceu com as sequências envolvendo Colleen e Misty Night. Não deu a sensação de estarmos vendo um The RAID, mas é uma melhora significativa. Por outro lado, o embate pelo Punho deixou uma coisa evidente: a série vai, sim, explorar a mitologia dos quadrinhos.

A melhor surpresa foi ver Danny vestindo a clássica máscara do personagem e dentro de Kun Lun. Davos, em outra cena, aparece com o Punho brilhante e já tivemos ali a indicação de que o vilão Serpente de Aço vem aí. Por mais simbólico que isso pareça, faz uma diferença grande na hora de construir um universo que não seja somente urbano. Os heróis da Marvel têm problemas terrenos, mas o que os faz empolgantes é a mistura da fantasia com as adversidades comuns. Punho de Ferro precisa muito mais disso. Por agora, parece que teremos uma melhoria interessante nos caminhos de Danny Rand.

Acompanhe a cobertura completa do Omelete na San Diego Comic-Con pela nossa página especial, no Facebook, no Instagram, no Twitter e no YouTube.