Betty, a Feia | Diretor fala sobre desafio de modernizar a trama

Créditos da imagem: Prime Video/Reprodução

Séries e TV

Notícia

Betty, a Feia | Diretor fala sobre desafio de modernizar a trama

Revival da novela colombiana estreia em 19 de julho no Prime Video

Omelete
3 min de leitura
05.07.2024, às 06H00.

Uma das novelas mais populares da América Latina está de volta. Mais de 20 anos depois da exibição de seu último capítulo, Betty, A Feia vai ganhar um revival no Prime Video intitulado Betty, A Feia - A História Continua, com estreia marcada para 19 de julho.

Exibida originalmente entre 1999 e 2001, na Colômbia, Betty, a Feia contava a história de Beatriz "Betty" Pinzón Solano (Ana María Orozco), uma economiza conceituada e brilhante que tinha como único "defeito" o fato de ser considerada feia por outras pessoas. A mocinha sofria bullying e com a rejeição de parte de seus colegas, mas sua vida toma outro rumo quando ela começa a trabalhar para Armando Mendoza (Jorge Enrique Abello), futuro herdeiro da empresa de moda Ecomoda.

O folhetim colombiano se tornou um verdadeiro fenômeno mundial. Após o sucesso em seu país de origem, Betty, a Feia foi foi transmitida em centenas de países e dublada em 15 idiomas, além de ganhar adaptações no Brasil, Estados Unidos e outras regiões. Segundo o Guinness World Records, a produção é considerada a novela mais popular de todos os tempos.

Duas décadas depois, o mundo e a forma de contar histórias no audiovisual mudou muito. Não à toa, alguns elementos que se destacavam na narrativa da novela escrita por Fernando Gaitán ficaram ultrapassados. A necessidade de adaptar a trama de Betty, a Feia para o mundo moderno seria um grande desafio. Em entrevista exclusiva ao Omelete, o diretor Mauricio Cruz detalhou como foi o processo de atualização para criar A História Continua.

"Não foi somente uma decisão do diretor, mas sim do time como um todo. Vinte anos se passaram, então é muito importante que você consiga sentir o progresso com o tempo. Desta vez, Betty está no cargo de presidente, ela não poderia continuar no mesmo nível. Ela precisava avançar", explicou.

"Eu acho que é preciso olhar para quem está escrevendo esta nova versão", continuou Cruz. "O fato de haver um equilíbrio na presença de homens e mulheres na equipe de roteiristas faz a narrativa ser mais moderna. Os conflitos continuam, mas a forma como nós escrevemos esses personagens é diferente. Conflitos são o motor dessa nova história. O problema [de ser antiquada] não está nas novelas latino-americanas, está em todo lugar."

Sobre os conflitos que dão início à trama de Betty, A Feia - A História Continua, Cruz relacionou com o fim original da novela. "As pessoas querem se casar ou ver um casal ficar junto no fim. Mas o que acontece com o casamento 20 anos depois? Conflitos familiares, relacionamentos difíceis, problemas econômicos, quem vai herdar a empresa. Tudo isso traz muitos conflitos [para Betty e Armando]."

Sobre o formato da sequência, Mauricio Cruz tentou esclarecer as coisas para os fãs antigos: afinal, Betty, A Feia - A História Continua é uma novela ou uma série?

"Nós somos um híbrido. Não estamos fazendo TV, mas também não somos como outras séries que vocês estão acostumados a ver. Nós tentamos manter uma ordem cronológica, dramaticamente falando, para não quebrarmos a linguagem de uma novela."

Além de Orozco e Abello, quase todo o elenco da novela original retorna para a sequência. Betty, A Feia - A História Continua estreia no Prime Video em 19 de julho.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.