Filmes

Notícia

Hasbro compra Power Rangers e outras marcas da Saban por US$ 522 milhões

Acordo inclui ainda My Pet Monster e Luna Petunia

Mariana Canhisares
01.05.2018
12h20
Atualizada em
29.06.2018
02h44
Atualizada em 29.06.2018 às 02h44

A Hasbro anunciou, nesta terça-feira (1º), a compra de algumas marcas da Saban, incluindo Power Rangers, My Pet Monster e Luna Petunia, de acordo com o The Wrap. O acordo, que combina dinheiro e ações, é avaliado em US$ 522 milhões.

Lionsgate/Divulgação

A fabricante de brinquedos já havia se tornado parceira da Saban em fevereiro, quando foi firmado o acordo de que faria o design e a produção das peças inspiradas nas séries e filmes da franquia Power Rangers, a partir de 2019 (leia mais).

"É uma marca icônica, construída a partir da herença de narrativas e produtos com tremendo potencial quando executada por completo pela Hasbro’s Brand Blueprint. Depois do nosso acordo de licenciamento, ficou claro que agora era a hora de começar a investir em liberar todo o potencial dos Power Rangers. Vemos grandes oportunidades, incluindo brinquedos e games, jogos digitais e entretenimento, assim como bem como geograficamente em todo o nosso varejo global", disse o CEO da Hasbro, Brian Goldner.

O fundador da Saban e criador dos Power Rangers, Haim Saban, também comemorou o acordo. "25 anos depois do lançamento de Power Rangers, acredito que o futuro da marca nunca foi melhor."

Por enquanto não há detalhes sobre os planos no cinema e na TV. Power Rangers ganhou um filme em Hollywood em 2017, que arrecadou US$ 140 milhões na bilheteria mundial, para um orçamento estimado em US$ 100 milhões. Por enquanto nenhuma sequência foi anunciada.