Filmes

Lista

Oscar 2020 | Tudo sobre Adoráveis Mulheres

Escrito e dirigido por Greta Gerwig, adaptação do clássico da literatura americana concorre em seis categorias da premiação

Mariana Canhisares
21.01.2020
18h00
Atualizada em
21.01.2020
17h25
Atualizada em 21.01.2020 às 17h25

Após o sucesso de Lady Bird: A Hora de Voar, Greta Gerwig volta a ser assunto na temporada de premiações com Adoráveis Mulheres. Reunindo um elenco estelar, que mescla grandes atores de Hollywood com nomes importantes da nova geração, a diretora narra a história de quatro mulheres ambiciosas à sua maneira que habitam o imaginário dos leitores americanos há mais de 150 anos.

Para que você entenda a relevância da adaptação e por que ela figura entre os indicados ao Oscar 2020, confira tudo sobre Adoráveis Mulheres:

SINOPSE

Sony Pictures/Divulgação

Baseado no romance clássico da escritora Louisa May Alcott, a adaptação narra a história das irmãs March, quatro jovens com talentos e sonhos distintos, determinadas a viverem conforme suas próprias regras.

TRAILER

ELENCO PRINCIPAL

Sony Pictures/Divulgação

SAOIRSE RONAN é Jo March | Destemida e teimosa, Jo é uma jovem aspirante a escritora que, diferentemente do que se espera das mulheres daquela época, não sonha em casar ou viver uma grande paixão. Na realidade, ela tem outras ambições. Por isso, não é incomum que ela passe noites em claro, trabalhando nos seus textos - para ela, suas posses mais valiosas. Nesse sentido, a personagem funciona como uma espécie de espelho da própria vida da escritora Louisa May Alcott.

FLORENCE PUGH é Amy March | A mais nova do quarteto, Amy se mostra já na adolescência uma ótima pintora. No entanto, para ela, isso não é suficiente: ela quer ser a melhor, senão não vale a pena. Sua insistência em acompanhar as irmãs mais velhas nos bailes e nos encontros gera muitas situações de atrito, principalmente com Jo. Afinal, as duas têm gênio forte.

EMMA WATSON é Meg March | Ao contrário de Jo, Meg se adequa muito bem aos bailes e às regras de etiqueta. Embora queira seguir carreira de atriz, constituir uma família é, para ela, mais importante.

ELIZA SCANLEN é Beth March | Beth é uma pianista prodígio, mas diferentemente da irmãs ela não encara seu talento com tanta ambição. Na realidade, ela toca apenas para entreter sua família. Por isso, a jovem fica um pouco receosa de aceitar o convite do seu vizinho, o Sr. Laurence, de usar seu piano, instrumento que pertenceu à filha dele. Eventualmente, ela supera sua apreensão e cria um fofo laço com o homem.

TIMOTHÉE CHALAMET é Laurie | Vizinho das irmãs March, Laurie vive com seu avô, o Sr. Laurence, mas não lida muito bem com as pressões de ser de uma família importante. Ávido leitor, ele tem um encontro inesperado e divertido com Jo em um baile e, deste momento em diante, os dois se tornam grandes amigos.

O elenco é completado por Laura Dern, Meryl Streep, Louis Garrel, Bob Odenkirk e Chris Cooper.

DIREÇÃO

Sony Pictures/Divulgação

Este é o segundo filme de Greta Gerwig como diretora. Sua estreia se deu com Lady Bird: A Hora de Voar, pelo qual concorreu ao prêmio de Melhor Direção em 2018. Por Adoráveis Mulheres, porém, ela não foi lembrada nem pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, nem pelo prêmio do Sindicato de Diretores (DGA). Sua ausência em ambas as listas foi uma das mais criticadas.

ROTEIRO

Sony Pictures/Divulgação

Em Adoráveis Mulheres, Greta Gerwig se propõe pela primeira vez a adaptar um livro para o cinema. Até então, ela só trabalhara em histórias originais como Frances Ha e Mistress America - ambos filmes que protagonizou e escreveu ao lado do marido Noah Baumbach -, além de Lady Bird: A Hora de Voar, uma história com um quê autobiográfico que rendeu suas primeiras indicações ao Oscar.

Não bastasse este desafio inédito na sua carreira como roteirista, Gerwig optou por trabalhar um verdadeiro clássico da literatura americana que, além de ser adorado por gerações de leitores, ganhou outras seis versões ao longo dos anos. Para isso, ela não segue religiosamente o material-base. Na realidade, ela alterna passado e presente, isto é, final da adolescência e início da vida adulta, para representar a trajetória das irmãs March. É mérito de Gerwig também ampliar a relevância de algumas personagens, como a própria Amy March, tradicionalmente vilanizada.

ONDE VER?

Sony Pictures/Divulgação

Adoráveis Mulheres está em cartaz nos cinemas. Por enquanto, não há previsão para sua chegada nos serviços on demand.

BILHETERIA

Sony Pictures/Divulgação

Com um orçamento aproximado de US$ 40 milhões, Adoráveis Mulheres já arrecadou US$ 130,9 milhões no mundo inteiro - somente nos Estados Unidos, foram US$ 86,6 milhões. No Brasil, a estimativa é que a bilheteria seja de US$ 954,0 mil, até o momento.

PRÊMIOS QUE JÁ RECEBEU

Sony Pictures/Divulgação

Adoráveis Mulheres não foi lembrado apenas pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. O longa foi indicado ao Globo de Ouro por sua trilha sonora e pela performance de Saoise Ronan, mas saiu sem prêmios. No Critics' Choice Awards, concorreu em nove categorias, vencendo em apenas uma: Melhor Roteiro Adaptado.

A adaptação também foi indicada nos prêmios do Sindicato dos Produtores (PGA) e do Sindicato dos Editores de Som (MPSE), mas sem vitórias.

Até a cerimônia, que acontece em 9 de fevereiro, o filme pode ser premiado em outros eventos. No BAFTA, popularmente conhecido como o Oscar britânico, a produção concorre em cinco categorias; na premiação anual do Sindicato dos Roteiristas (WGA), disputa o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado.

INDICAÇÕES AO OSCAR

Sony Pictures/Divulgação

MELHOR FILME | O filme concorre com outros 8 indicados: Ford vs Ferrari, O Irlandês, JoJo Rabbit, Coringa, História de um Casamento, 1917, Era Uma Vez Em... Hollywood e Parasita. Se premiado, quem sobe ao palco é a produtora Amy Pascal, mais conhecida por seu trabalho nas adaptações recentes do Homem-Aranha e seus derivados.

MELHOR ATRIZ: Saoirse Ronan | Aos 25 anos, a atriz irlandesa recebe sua quarta indicação ao Oscar. Ela já concorreu a prêmios por suas performances em Desejo e Reparação, Brooklyn e, mais recentemente, Lady Bird - A Hora de Voar, em que trabalhou com a diretor Greta Gerwig pela primeira vez. Seu currículo ainda inclui O Grande Hotel Budapeste e Duas Rainhas.

Ela disputa a estatueta com Cythia Erivo (Harriet), Scarlett Johansson (História de um Casamento), Charlize Theron (O Escândalo) e Renée Zellweger (Judy: Muito Além do Arco-Íris).

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Florence Pugh | Recebendo sua primeira indicação, Florence Pugh ganhou destaque nos últimos dois anos com sua atuação nos longas Midsommar: O Mal Não Espera a Noite, Lutando Pela Família e Legítimo Rei. Em 2020, ela estrela o blockbuster da Marvel, Viúva Negra.

Ela concorre com as veteranas Kathy Bathes (O Caso Richard Jewell), Laura Dern (História de Um Casamento), Scarlett Johansson (JoJo Rabbit) e Margot Robbie (O Escândalo).

MELHOR FIGURINO | Antes de Adoráveis Mulheres, a figurinista Jacqueline Durran já tinha grande experiência com figurinos de época. Ela foi a responsável pelos trajes de filmes como Orgulho & Preconceito, Desejo e Reparação e Anna Karenina, pelo qual ganhou um Oscar. Ao longo da sua carreira, ela foi indicada seis vezes e também trabalhou em produções como 1917, A Bela e a Fera e O Destino de uma Nação.

Adoráveis Mulheres concorre com O Irlandês, JoJo Rabbit, Coringa e Era Uma Vez Em... Hollywood.

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL | Alexandre Desplat não é um desconhecido da Academia. Pelo contrário. Tendo sido indicado 11 vezes ao Oscar, o compositor saiu vencedor em duas ocasiões. Em 2015, concorreu por dois trabalhos, mas ganhou pela trilha de O Grande Hotel Budapeste. Mais recentemente, em 2018, levou a estatueta por A Forma da Água. Seu currículo inclui filmes como Ilha dos Cachorros, A Rainha e Argo.

O filme disputa o prêmio da categoria com Coringa, História de um Casamento, 1917 e Star Wars: A Ascensão Skywalker.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO | Greta Gerwig concorre contra Steven Zaillian (O Irlandês), Taika Waititi (JoJo Rabbit), Todd Phillips e Scott Silver (Coringa) e Anthony McCarten (Dois Papas).