Harold Ramis e Rick Moranis em Caça-Fantasmas/Columbia Pictures

Créditos da imagem: Columbia Pictures/Divulgação

Filmes

Notícia

Ghostbusters: Mais Além | Bill Murray sentiu falta de Rick Moranis no filme

Harold Ramis, morto em 2014, também foi lembrado pelo ator

Nicolaos Garófalo
15.05.2020
00h28
Atualizada em
15.05.2020
00h38
Atualizada em 15.05.2020 às 00h38

Quando Ghostbusters: Mais Além chegar aos cinemas em março de 2021, fãs notarão a ausência de dois importantes nomes dos filmes originais: Harold Ramis, que faleceu aos 69 anos em 2014, e Rick Moranis, aposentado da atuação desde a década de 1990. Bill Murray, membro do quarteto original de Caça-Fantasmas, afirmou que também sentiu a falta dos colegas durante as filmagens do terceiro longa da franquia (via Comicbook).

Estamos com duas pessoas maravilhosas a menos. Sentimos a falta de Rick Moranis e de Harold Ramis. E sentimos a falta deles por diferentes razões”, afirmou o ator, que volta ao papel de Peter Venkman depois de 31 anos. “Eles fazem tão parte da criação [de Caça-Fantasmas] e da graça da franquia. Mas o Harold faz parte da história deste filme, então será muito interessante”.

Ramis faleceu em decorrência de uma doença autoimune em fevereiro de 2014. Já Moranis abandonou a carreira de ator no final dos anos 1990 após a morte da esposa. Focando na criação dos filhos, o ator trabalhou apenas com pequenos papéis de dublagem. A aposentadoria de Moranis será interrompida, no entato, já que o comediante participará da série derivada de Querida, Encolhi as Crianças para o Disney+.

Diferente do filme de 2016, Ghostbusters: Mais Além será uma continuação direta dos filmes originais e tem ainda o retorno de Sigourney Weaver como Dana Barrett. A trama focará em uma nova família: Carrie Coon será mãe solteira dos personagens de Finn Wolfhard McKenna Grace. Já Paul Rudd interpreta um professor em uma cidade pequena. Entre os novos nomes do elenco estão ainda Celeste O'Connor (Perfeita para Você) e o estreante Logan Kim.

Jason Reitman, filho de Ivan Reitman, dirige o novo filme, que tem o lançamento previsto para 10 de julho de 2020.