Os Oito Odiados

Créditos da imagem: Divulgação

Filmes

Notícia

Por que Os Oito Odiados foi transformado em minissérie para a Netflix

Quentin Tarantino explica como dividiu o longa em 4 episódios e adicionou 25 minutos inéditos; diretor também promete lançar versão estendida de Django Livre

Oferecimento
Natália Bridi
01.05.2019
00h23
Atualizada em
04.07.2019
17h43
Atualizada em 04.07.2019 às 17h43

Em entrevista ao /Film, Quentin Tarantino revelou como transformou Os Oito Odiados em uma minissérie a pedido da Netflix.

Segundo o diretor, ele foi procurado pelo serviço de streaming com a proposta, o que o deixou intrigado. “O filme existe enquanto filme, mas se fosse usar tudo que filmei para ver se conseguia colocar em forma de episódio, topei tentar, dar uma chance para isso”.

No total, os quatro episódios da minissérie apresentam 25 minutos de cenas inéditas: “Um ano depois do lançamento do filme, talvez um pouco menos, eu e meu montador, Fred Raskin, passamos a trabalhar duro nisso. Editamos o filme o filme em pedaços de 50 minutos e facilmente conseguimos quatro episódios disso. Não reeditamos tudo do zero, mas fizemos uma boa reedição e ficou diferente. Há uma sensação diferente que eu realmente gosto. E havia um aspecto literário no filme de qualquer forma, então definitivamente tem essa qualidade de capítulos se desdobrando”.

Além da minissérie de Os Oito Odiados, Tarantino revelou ter uma versão do diretor de Django Livre com cerca de 3h20min. “Essa não faria como minissérie pois acho que funciona melhor como filme. Pensei na ideia, mas simplesmente funciona melhor como filme. Só mais longo pelo que me consta”, explicou o cineasta. “Estamos só esperando passar um tempo depois de Era Uma Vez em Hollywood e vamos lançar eventualmente”.

A versão estendida de Os Oito Odiados ainda não está disponível no Brasil pela Netflix. Já Era Uma Vez em Hollywood chega aos cinemas em agosto.