Netflix/Divulgação

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Netflix

Artigo

Conheça Paulina Chávez, a Flora de Fate: A Saga Winx

Atriz norte-americana com ascendência mexicana foi anunciada ontem (20) em elenco de série da Netflix

Flávio Pinto
21.07.2021
13h07
Atualizada em
21.07.2021
13h33
Atualizada em 21.07.2021 às 13h33

Ontem (20), a Netflix anunciou que a atriz Paulina Chávez vai interpretar a fada Flora, uma das personagens mais queridas da animação Clube das Winx, no seriado live-action Fate: A Saga Winx, que iniciou as gravações da segunda temporada.

Embora não pareça, a escolha da jovem atriz parece ter sido uma escolha para matar “dois coelhos de uma cajadada só” para a plataforma. 

Mas quem é Paulina Chávez? 

Instagram: @paulinafchavez/Reprodução
Instagram: @paulinafchavez/Reprodução

Natural de San Antonio, Texas, nos Estados Unidos, Chavéz nasceu no dia 22 de maio de 2002, e parece ter nascido com desejo de atuar. Desde cedo, a menina atuou em pequenas produções escolares, como nas adaptações de "A Pequena Sereia" e "A Bela e a Fera". 

Mas ela só ganhou projeção nacional ao estrelar um comercial para Coca-Cola e quando apareceu, em 2016, na websérie Day 5. Chávez ganhou ainda mais atenção em 2018, quando fez sua estreia nas telonas no filme independente Colossal Youth, de R. Scott Leisk

A grande virada na carreira de Paulina Chávez e o reconhecimento da Netflix veio com o papel de Ashley Garcia na série infanto-juvenil Ashley Garcia: A de Amor. Embora tenha tido apenas duas temporadas, a produção a colocou frente a frente com dois dos maiores nomes latinos de Hollywood, o ator e produtor Mario López e Eva Longoria (Desperate Housewives), que aconselharam a jovem atriz. 

Em 2020, Chávez recebeu uma indicação ao Imagen Awards, uma associação que reconhece talentos latinos em Hollywood na categoria melhor ator jovem em série de televisão. 

Netflix/Divulgação
Netflix/Divulgação

Com todas as acusações de whitewashing — prática que constitui em escalar atores brancos em papéis de outras etnias — que a plataforma recebeu ao lançar a produção Fate: A Saga Winx, no início deste ano, a seleção de Paulina Chávez é muito certeira. Primeiro, que a atriz parece ser um rosto em ascensão na comunidade latina. E em segundo, é a possibilidade de trazer um pouco mais de representatividade à produção. 

Assim como sua intérprete, a personagem Flora também é latina. Conhecida pelas suas habilidades com as plantas e a natureza, a personagem é muito generosa e conciliadora de conflitos.  

Seja lá qual foi a intenção da gigante do streaming, vamos torcer para que a passagem da nova personagem seja muito bem recebida. 

A produção acompanha a jornada de cinco fadas adolescentes em Alfea, um internato mágico que fica em um lugar chamado de Outro Mundo. Por lá, elas devem aprender a dominar seus poderes enquanto lidam com suas vidas amorosas, novas amizades, rivalidades e monstros que ameaçam a existência delas mesmas. Do criador Brian Young (The Vampires Diaries), Fate: A Saga Winx é inspirada no desenho animado italiano O Clube das Winx, criado por Iginio Straffi.

A primeira temporada já está disponível no catálogo da Netflix.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.