Ozark pode ganhar spin-off, diz showrunner: "Há um interesse real nisso"

Créditos da imagem: Laura Linney e Jason Bateman em cena de Ozark (Reprodução)

Séries e TV

Notícia

Ozark pode ganhar spin-off, diz showrunner: "Há um interesse real nisso"

Chris Mundy disse que nova série teria que ser "totalmente distinta" da original

Omelete
2 min de leitura
Caio Coletti
09.05.2022, às 08H51

Talvez o episódio final de Ozarkexibido na semana retrasada na Netflix, não seja realmente o fim. Segundo o showrunner Chris Mundy, em entrevista ao TVLine, há interesse da plataforma de streaming e da equipe da série em desenvolver um spin-off - mas essas conversas ainda estão em estágios iniciais.

"Definitivamente é um assunto sobre o qual falamos bastante. Ainda não há nada definitivo. Temos sorte que as pessoas realmente parecem gostar do trabalho que fizemos, então obviamente há um interesse real nisso", comentou.

Caso a derivada aconteça, Mundy não quer se repetir: "Era importante para mim terminar Ozark de uma forma definitiva. Essas quatro temporadas são o nosso trabalho, e nós fizemos o melhor que podíamos com elas. Qualquer coisa nova que possa surgir disso precisa ser totalmente distinta, mesmo que se passe no mesmo universo".

Por 44 episódios, Ozark acompanhou a saga de Marty Byrde (Jason Bateman) e sua família, incluindo a ambiciosa esposa Wendy Byrde (Laura Linney). Os dois atuavam lavando dinheiro de um cartel de drogas mexicano enquanto se escondiam sob a fachada de investidores respeitados no meio-Oeste americano.

O elenco ainda incluía Julia Garner, que venceu dois Emmys por sua performance como a trapaceira Ruth Langmore. Todos os capítulos estão disponíveis para streaming na Netflix.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no Youtube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.