Netflix anuncia lançamento de novas produções nacionais

Créditos da imagem: Divulgação/Netflix

Filmes

Notícia

Netflix anuncia lançamento de novas produções nacionais

Série animada do Menino Maluquinho e filmes estrelados por Fábio Porchat entrarão para o catálogo

Gabriel Avila
24.04.2019
18h10

Durante a Rio Creative Conference 2019, a Netflix anunciou o aumento de investimento em produções brasileiras, ampliação para 30 o número de produções brasileiras, entre séries, filmes e animações em seu catálogo.

Em 2021 estreia uma série animada do Menino Maluquinho com produção do Chatrone, estúdio responsável por Festa no Céu. Ziraldo celebrou o lançamento dessa que será a primeira versão animada de seu personagem: “Este será um novo capítulo na vida do Menino Maluquinho, e a parceria com a Netflix dará aos fãs do mundo inteiro a oportunidade de conhecer suas histórias”. Confira o cartaz oficial abaixo:

Divulgação/Netflix

Larissa Manoela vai estrelar Modo Avião, filme escrito e dirigido por César Rodrigues (Vai que Cola - O Filme), que conta a história de uma influenciadora digital que é enviada para a fazenda de seu avô após bater seu carro ao tirar uma selfie enquanto dirigia. Maisa Silva vai protagonizar três produções, ainda sem maiores detalhes, e Fábio Porchat estará em três filmes originais.

Ricos de Amor, comédia romântica dirigida por Bruno Garotti (Cinderela Pop) que acompanha Teto (Danilo Mesquita), herdeiro da fábrica de tomates de seu pai que mente sobre suas origens para conquistar Paula (Giovanna Lancellotti). Já Carnaval conta a história de Nina, uma influenciadora digital que utiliza seus contatos para ganhar uma viagem durante os festejos de carnaval após um vídeo de traição por parte de seu namorado viralizar na internet.

A autora Thalita Rebouças está envolvida na produção Quem Nunca?, que acompanha três adolescentes que fazem um pacto de permanecer solteiras durante um acampamento escolar, mas o acordo se complica quando segredos começam a surgir a partir de paixões inesperadas e ex-namorados.

Vale lembrar que a Netflix anunciou recentemente uma série de produções nacionais como O Escolhido, Sintonia, Irmandade e Ninguém Tá Olhando. De acordo com Ted Sarandos, CCO da empresa, a tradição nacional em contar histórias é a principal motivação do serviço:

“O Brasil tem talentos extraordinários e uma longa tradição em contar grandes histórias. É por este motivo que estamos animados em aumentar nosso investimento na comunidade criativa brasileira. Esses 30 projetos, em vários estágios de produção em diferentes locais espalhados pelo país, serão feitos no Brasil e consumidos pelo mundo”.