Martin Scorsese afirma que O Irlandês pode ser seu último filme

Netflix

Notícia

Martin Scorsese afirma que O Irlandês pode ser seu último filme

Longa que reúne diretor a Robert De Niro e Al Pacino chegou à Netflix em novembro

Gabriel Avila
20.12.2019
14h31

Martin Scorsese indicou que O Irlandês pode ser o último filme de sua carreira. Em entrevista ao The Guardian, o cineasta comentou novamente sua polêmica fala em relação aos filmes da Marvel, que estão mais próximos de atrações de parques de diversão do que de fato cinema. Após a polêmica inicial, o diretor explicou que sua questão está mais ligada à questão de como as produções voltadas aos super-heróis monopolizam as salas de cinema. Questionado a respeito da repercussão de seus comentários, ele revelou que não esperava conseguir lançar seu filme mais recente no circuito comercial e explicou que esse pode ser seu último:

Obviamente, nós discutimos muito sobre isso, que os cinemas estão sendo comandados por filmes de super-heróis - sabe, apenas pessoas voando, batendo e esmagando, e está tudo bem se você quiser ver isso. Só que não está havendo espaço para outro tipo de produção. Não sei quantos mais poderei fazer - talvez acabe aqui. O último. Então, a ideia era pelo menos terminá-lo e talvez exibir pr um dia no NFT (National Film Theatre, cinema britânico), talvez um dia na Cinémathèque em Paris. Não estou brincando”.

O diretor comentou também a inspiração que o filme solo do Coringa tem em alguns de seus filmes. “Fiquei fascinado pelo fato de que é inspirado em Rei da Comédia e Taxi Driver. Especialmente Rei da Comédia pois sempre acreditei que o único lugar em que ele fosse querido era a Grã Bretanha.”

A produção teve uma estreia intimista nos cinemas dos Estados Unidos no dia 1º de novembro, para poder concorrer ao Oscar 2020.