Rodrigo Santoro em Bom Dia, Verônica (Divulgação)

Créditos da imagem: Rodrigo Santoro em Bom Dia, Verônica (Divulgação)

Séries e TV

Entrevista

Santoro não vê mais diferença entre Brasil e Hollywood: “Não estamos atrás”

Para o ator, hoje em dia há grandes e pequenas produções nos dois ambientes

Omelete
1 min de leitura
16.02.2024, às 06H00.

Rodrigo Santoro não sente mais diferença entre atuar em produções brasileiras e hollywoodianas. O ator, cujo projeto mais recente é Bom Dia, Verônica: A Caçada Final, contou ao Omelete que a discrepância entre seus trabalhos nacionais e internacionais sumiu com o passar dos anos.

Hoje em dia, a qualidade do que o audiovisual brasileiro produz se equipara totalmente com o que é produzido em outros lugares do mundo, inclusive em Hollywood”, definiu Santoro. “A gente não está mais, de maneira nenhuma, atrás de ninguém”.

O ator ainda disse que, hoje em dia, produções de grande e pequeno porte existem em todos os países no qual trabalha: O que varia é o orçamento de um projeto para o outro. Ou você está em uma produção grande, com muita estrutura, muitas câmeras, muita equipe, muito pressuposto; ou você está em uma produção independente, onde a forma de trabalhar é mais artesanal, o tempo é menor, etc”.

A diferença, portanto, está no tipo de produção em que você está, e não na nacionalidade”, finalizou Santoro. “Em termos de nacionalidade, só o que muda é o idioma”.

Bom Dia, Verônica: A Caçada Final já está disponível para streaming pela Netflix.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.