André Lamoglia (Juan Miguel Herrero/Divulgação)

Créditos da imagem: André Lamoglia (Juan Miguel Herrero/Divulgação)

Séries e TV

Entrevista

Ator brasileiro de Elite, André Lamoglia sonha em interpretar o Homem-Aranha

Iván da série da Netflix comemorou sucesso de atores brasileiros em Hollywood

Omelete
4 min de leitura
05.06.2024, às 15H34.

Não é de hoje que atores brasileiros estão presentes em grandes produções internacionais, mas atualmente vivemos um momento de intensa participação dos nossos talentos em produções por todo o mundo. De Alice Braga a Wagner Moura, passando por Bruna Marquezine e Gabriel Leone, é a hora do Brasil nos holofotes. Nesse movimento, se destaca também o ator André Lamoglia, que conquistou de vez seu espaço no mainstream desde que se juntou ao elenco de Elite, na quinta temporada da produção. 

O Omelete conversou com o ator sobre a sua trajetória, e Lamoglia se mostrou consciente do papel que ocupa como representante brasileiro no cenário internacional. Segundo o ator, as mensagens dos fãs são uma grande motivação: “Cada vez mais [eu] tenho mais orgulho de ser brasileiro e poder representar o país mundo afora. Mas é muito legal a proporção e a força que o brasileiro tem”.

Toda a movimentação do público nacional foi bastante notada com o seu ingresso em Elite, e tal mobilização impressionou André: “Foi uma das coisas que eu achei mais chocante no início, porque a gente sabe da capacidade que o brasileiro tem de impulsionar alguma coisa, né? E foi algo que me deixou muito feliz na época, porque eu não só sentia que estava muito feliz por estar fazendo um trabalho internacional, em outro idioma, conseguindo alcançar outros níveis abrindo outras portas, mas eu também senti isso pelo público”. 

André Lamoglia como Iván, em Elite (Reprodução)
André Lamoglia como Iván, em Elite (Reprodução)

A carreira de André começou antes disso - e, embora em projetos nacionais, ele estava atrelado desde o princípio a grandes companhias de projeção global, como a Disney. Em 2017, o ator foi escalado para um papel importante em Juacas, série do Disney Channel que marcou sua estreia oficial nas telas. Ele integrou o elenco principal da produção como o Rafa por duas temporadas, e depois se juntou a outra produção do estúdio - a série Bia, que teve duas temporadas e um filme. 

A Disney já é um projeto bem grande. [...] É um dos projetos que eu tenho mais carinho da minha carreira, não só por ter sido o primeiro, mas foi onde eu aprendi muito”, conta o ator, que afirma ter sido muito bem acolhido por lá. “Em Juacas, por ser o primeiro, eu não tinha medo de perguntar para as pessoas, perguntava tudo o que eu queria saber, e aprender, e tudo mais. [...] É uma porta que abre ali para você evoluir, aprender e alcançar outros [projetos]. E enfim, hoje, uma das maiores atrizes do mundo dessa geração vem da Disney”, completou, citando Zendaya, de quem revelou ser fã.

Embora o começo de sua carreira tenha sido na Disney, foi na Netflix, com seu ingresso em Elite, que o jogo realmente virou para Lamoglia. A série, que está indo para sua oitava temporada, recebeu o ator durante o quinto ano para dar vida a Iván, personagem brasileiro que conquistou o coração dos fãs. Porém, chegar em uma produção tão grande quanto a espanhola no meio, com um fandom forte e personagens já bem estabelecidos, pode ser um desafio para qualquer ator, ainda mais um estrangeiro. 

“Com relação a ter essa responsabilidade de entrar numa série tão conhecida, que inclusive eu assistia antes, [esse peso] existia. É uma série que já tinha três temporadas, uma das mais vistas da Netflix. Mas eu não me prendia muito ali, focava muito no processo. Além disso, todo mundo me recebeu muito bem, eu acho que isso ajudou muito também para eu me sentir rapidamente como se fosse da casa”, revela o ator, que relembra outros obstáculos do início, como a mudança de país, ficar longe da família e enfrentar a pandemia nesse meio tempo. “Mas eu estava muito feliz - e, quando você está feliz, você está focado no processo”.

E depois o resultado veio, que foi bastante destaque para o personagem. A resposta do público nas redes ou na rua era tudo muito positivo. E tinha isso dos brasileiros ali apoiando, ‘ah, vamos Brasil!’ E também o público internacional comprou bem a ideia, então acho que o resultado foi legal. Tiveram os desafios, mas que valeram a pena”, completou André, que deve retornar para a oitava e última temporada da produção

Além de concluir esse projeto, o brasileiro pensa em seu futuro na atuação com muitos trabalhos diferentes. “O meu sonho é manter uma carreira a longo prazo e com personagens diferentes. Seja um dia interpretando um super-herói da vida, ou um empresário de sucesso, ou até um filme de terror. Eu amo filmes de ação também. Quero fazer personagens diferentes, ter um desafio e não ficar ali encaixado numa mesma característica. Se tivesse que te falar um personagem, eu diria o Homem-Aranha, ou algum tipo o Leonardo DiCaprio em O Lobo de Wall Street” 

O sonho não parece tão distante, já que, cada dia mais, Hollywood está verde e amarela.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.