Antonio PEREZ/POOL/AFP

Créditos da imagem: Antonio PEREZ/POOL/AFP

Música

Notícia

Rapper R. Kelly é condenado por tráfico sexual de mulheres e menores de idade

O rapper foi acusado de oito alegações contra a Lei Mann

Flávio Pinto
27.09.2021
17h00

R. Kelly foi considerado culpado pelo crime de tráfico sexual de mulheres e de menores de idade em um julgamento no Tribunal Federal do Brooklyn, nos Estados Unidos, nesta segunda-feira (27). O rapper foi acusado de oito alegações contra a Lei Mann e outra de extorsão [via The New York Times]. 

A Lei Mann proíbe o transporte de pessoas através das fronteiras estaduais para atividades sexuais ilegais. Os promotores do caso convocaram 45 testemunhas — onze eram acusadores do rapper; nove mulheres e dois homens. Segundo o tabloide, Kelly ficou sem reação no tribunal receber o veredito, que o considerou culpado em todas as instâncias. 

Com a decisão, o rapper foi considerado culpado de ser o líder um esquema ilegal de décadas que recrutava mulheres e menores de idade para atividades sexuais. Os procuradores federais chegaram a acusar o artista de comandar um grupo de empresários e seguranças que recrutavam mulheres e meninas para fazer sexo com Kelly, que, logo em seguida, também partia para atos sem consentimento. 

Alguns relatos das vítimas sobre as acusações envolvendo Kelly foram relatados pelas próprias vítimas no documentário Surviving R. Kelly, disponível na Netflix. Também após as acusações virem à tona, a cantora Lady Gaga chegou a remover do seu álbum um feat que contava com a participação do artista. 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.