R. Kelly em 2019

Créditos da imagem: Antonio PEREZ/POOL/AFP

Música

Notícia

R. Kelly é condenado a 30 anos de prisão por tráfico sexual e extorsão

Cantor foi considerado culpado em todas as nove acusações

Omelete
1 min de leitura
Mariana Canhisares
29.06.2022, às 17H06

O cantor e compositor R. Kelly foi condenado a 30 anos de prisão nesta quarta-feira (29). De acordo com a Variety, depois de seis semanas de julgamento em Nova York, nos Estados Unidos, ele foi considerado culpado em todas as nove acusações a que respondia, isto é, uma de extorsão e outras oito de violação do chamado Ato Mann, que proíbe o transporte de pessoas entre estados para prostituição.

Tendo ouvido 45 testemunhas, o julgamento demonstrou como ele usou intermediários, incluindo seus próprios funcionários, para atrair mulheres para situações de abuso sexual, que incluíam trancá-las em quartos sem acesso a comida ou banheiro durante dias. Muitas das suas vítimas eram menores de idade.

Preso desde julho de 2019, Kelly deve ser agora transferido para Chicago, onde em agosto será novamente julgado, dessa vez por acusações de pornografia infantil e obstrução de justiça.

Alguns relatos das vítimas sobre as acusações envolvendo Kelly foram relatados pelas próprias vítimas no documentário Surviving R. Kelly.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.