Show de Paul McCartney em São Paulo, 2023

Créditos da imagem: (Marcos Hermes/Divulgação)

Música

Artigo

Em SP, Paul McCartney prova que ainda consegue comandar um show como ninguém

Se 2023 foi o ano dos shows internacionais no Brasil, não existe ninguém melhor para encerrar essa safra do que Paul McCartney

Omelete
2 min de leitura
08.12.2023, às 02H04
ATUALIZADA EM 08.12.2023, ÀS 09H44
ATUALIZADA EM 08.12.2023, ÀS 09H44

Há quem diga que os shows de Paul McCartney seguem uma fórmula bastante previsível: das falas em português até as brincadeiras com a plateia. Isso poder até ser verdade, mas se o ex-beatle conseguiu provar algo na noite da última quinta-feira (7), durante o primeiro show da turnê Got Back em São Paulo, é que até as repetições podem soar inéditas quando se possui carisma de sobra – e uma plateia empolgada.

Mesmo com um pequeno atraso, o músico conseguiu cativar a atenção dos 48 mil fãs presentes no Allianz Park por quase três horas. O que torna tudo ainda mais notável é o fato de o músico de 81 anos ter se apresentado durante a noite inteira sem uma pausa sequer, em um país enfrentando uma das piores ondas de calor de sua história. Como uma fã na grade da pista premium comentou, "esse homem não parou até agora, nem mesmo para beber um copo d'água; ele é uma máquina".

Máquina ou não, o ex-beatle proporcionou um espetáculo abrangente, revisitando diversas fases de sua carreira – quase como a sua própria The Eras Tour. Desde algumas das canções mais memoráveis dos Beatles, como "Blackbird", "Ob-La-Di, Ob-La-Da", "Can't Buy Me Love" e "Let It Be", até os anos como vocalista do Wings, com "Live and Let Die", "Let Me Roll It" e "Jet".

Como de costume, a noite também incluiu homenagens à sua esposa, Nancy Shevell, e aos integrantes do FabFour que nos deixaram, George Harrison e John Lennon – este último, inclusive, com uma espécie de dueto em "I've Got a Feeling", possível graças à ajuda da inteligência artificial, mesmo recurso utilizado por Peter Jackson no documentário The Beatles: Get Back, do Disney+.

Vale ressaltar que, entre uma canção e outra, McCartney continuava a exibir toda a sua disposição, trocando de instrumentos, dançando, pulando e interagindo descontraidamente com o público. E apesar de o repertório em português do cantor soar bastante familiar, bem como todo o espetáculo, se os fãs continuam voltando é porque Paul ainda demonstra ser mestre em comandar um show como ninguém.

Setlist:

  1. Can’t Buy Me Love
  2. Juniors Farm
  3. Letting Go
  4. She’s A Woman
  5. Got To Get You Into My Life
  6. Come On To Me
  7. Let Me Roll It
  8. Getting Better
  9. Let Em In
  10. My Valentine
  11. 1985
  12. Maybe I’m Amazed
  13. I’ve Just Seen A Face
  14. In Spite Of All The Danger
  15. Love Me Do
  16. Dance Tonight
  17. Blackbird
  18. Here Today
  19. New
  20. Lady Madonna
  21. Jet
  22. Mr Kite
  23. Something
  24. Obla Di Obla Da
  25. Band on the Run
  26. Get Back
  27. Let It Be
  28. Live and Let Die
  29. Hey Jude
  30. I've Got a Feeling
  31. Birthday
  32. Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band
  33. Helter Skelter
  34. Golden Slumbers
  35. Carry That Weight
  36. The End

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.