Capa do álbum Nevermind, do Nirvana

Créditos da imagem: Nirvana/Divulgação

Música

Notícia

Nirvana | Bebê de Nevermind processa banda por exploração sexual de menor

Homem alega que seus guardiões legais não consentiram o uso da imagem na capa do álbum

Mariana Canhisares
25.08.2021
09h41
Atualizada em
25.08.2021
10h17
Atualizada em 25.08.2021 às 10h17

A clássica capa do Nevermind, álbum do Nirvana que apresentou ao mundo músicas como "Smells Like Teen Spirit" e "Lithium", está no centro de uma disputa judicial 30 anos depois do seu lançamento. O bebê da piscina, Spencer Elden, está processando a banda e os administradores do patrimônio de Kurt Cobain por exploração sexual de menor.

De acordo com o TMZ, Elden alega que não tinha idade para consentir o uso da imagem -- na época, ele tinha apenas 4 meses --, e que seus guardiões legais também não o fizeram. Além disso, para ele, a capa configura pornografia infantil.

Elden afirma que a banda prometera que cobriria a genitália do bebê e, ao não fazê-lo, causaram-lhe danos durante toda a vida. Por isso, ele pede que cada um o pague uma indenização de pelo menos US$ 150 mil.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.