McFly faz show em São Paulo

Créditos da imagem: Divulgação

Música

Artigo

McFly faz show nostálgico e recheado de sucessos para os fãs brasileiros

Banda fez seu primeiro show da turnê no Brasil nesta terça-feira (17) e tocou os fãs com clássicos da carreira

Omelete
3 min de leitura
Juliana Melguiso
18.05.2022, às 12H51
ATUALIZADA EM 18.05.2022, ÀS 13H02
ATUALIZADA EM 18.05.2022, ÀS 13H02

Quando o McFly realizou seu último show no Brasil, lá em meados de 2012, a banda havia tocado para uma legião de fãs bem diferentes. A maioria deles, hoje com mais de 25 anos, não deixou seu amor pela banda de lado nesse tempo e, dez anos depois, esses fãs voltaram a embalar a plenos pulmões todas as canções tocadas pelo quarteto formado por Tom Fletcher, Danny Jones, Dougie Poynter e Harry Judd.

A banda britânica abriu a primeira apresentação no Brasil, que aconteceu nesta terça-feira (17) em São Paulo, com a explosiva “Red”, do álbum de compilações The Lost Songs, aquecendo os fãs para o que veriam nas próximas horas.

Em seguida, para animar o público com seus sucessos mais antigos, Danny puxou os acordes característicos e o coro de “Friday Night”, que foi sucedida por outros clássicos da banda como “Star Girl”, “One For the Radio”, “Lies” e “Transylvania”, deixando Dougie Poynter brilhar ainda mais, já que ele assumiu parte dos vocais ao lado de Danny em grande parte das músicas, por causa da perda da voz de Tom Fletcher.

Enquanto o quarteto tocava “Wild and Young”, uma fã acabou passando mal, o que chamou a atenção de Danny que, em seguida, paralisou o show para assegurar que tudo estava bem, mostrando que o lado acolhedor característico da banda nunca deixou de estar lá. Ao retornarem, foi a vez de “Growing Up” e “Happiness” ecoarem pelo Espaço Unimed, e dando espaço para o álbum Young Dumb Thrills na apresentação.

Mas era impossível não abrir um sorriso quando os maiores clássicos da banda começavam a ter seus acordes tocados no palco. Um dos momentos mais tocantes foi, é claro, “Walk in the Sun”, quando Danny assumiu sozinho o palco e foi acompanhado pelos fãs do início ao fim, entre gritos e muitas lágrimas.

Apesar de terem feito um setlist mais do que especial para os brasileiros, é óbvio que nem todas as músicas puderam fazer parte da noite. Mas alguns pedidos foram atendidos, como uma versão improvisada de “No Worries”, quando Danny brincou com o público que não lembrava a letra de algumas músicas, seguida por “All About You”, “POV” e a aguardada “Too Close For Comfort”.

Caminhando para a reta final do show, a atmosfera nostálgica foi se tornando ainda mais forte, e era clara a ansiedade tanto dos fãs, como da banda, em encerrar a apresentação de forma memorável. Se com “Falling in Love” o público se rendeu novamente ao choro, em “Five Colours in her Hair” houve uma explosão de alegria e nostalgia. A banda ainda arriscou um mashup da música com o sucesso “Bad Guy”, de Billie Eilish, que literalmente fez o chão da casa de shows tremer.

E se alguém no local não havia se emocionado antes, é quase unanimidade que "The Heart Never Lies" fechou com chave de ouro a apresentação, arrancando lágrimas até dos próprios integrantes da banda. O McFly volta a tocar em São Paulo nesta quarta-feira (18) e faz uma maratona de shows pelo país, que se encerra no dia 26 de maio, no Rio de Janeiro.

Mas mais do que nunca, os “galaxy defenders” sempre estarão preparados para o retorno da banda ao solo brasileiro, e claro, ansiosos para que isso aconteça novamente o quanto antes.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.