Música

Artigo

Jacidio, who? | Solumun, The Black Madonna e mais estão em expansão do GTA

Todos os sets do segundo final de semana do Tomorrowland, os DJs mais bem pagos do planeta e muita música boa

Jacídio Junior
03.08.2018
13h56
Atualizada em
03.08.2018
16h52
Atualizada em 03.08.2018 às 16h52

Ok, o final de semana chegou de novo. Talvez você tenha tido tempo de ouvir alguns dos principais sets que rolaram no Tomorrowland na semana passada, talvez não… Então, eu peguei a lista com todos os sets liberados coloquei aí embaixo - claro com umas dicas bacanas. Tem alguns dos nomes mais bacanas da e-music integrando a nova expansão do GTA e muito mais. Pode chegar que a casa tá arrumada.

Divulgação

Pra abrir a conversa de hoje: o que GTA tem a ver com a música eletrônica? Solomun, The Black Madonna e outros grandes nomes da e-music podem te contar

Há algumas semanas foi anunciado que o GTA V iria receber um update com o nome de GTA Online: After Hours. Liberado no final de julho, o game ganhou um trailer que conta com a presença de nomes como The Black Madonna, Solomun, Dixon, Tale of Us, entre outros. Pra ver é só dar o play.

A DJ norte-americana chegou a comentar que essa experiência não poderia ser nada menos do que incrível. E é. Afinal de contas, não é de hoje que o mundo dos games tem ultrapassado os valores arrecadados no cinema e criado tendências que se espalham como lastro de pólvora em todo o mundo. Mas, o jogo não parou por aí… Solomun, esta semana, liberou o clipe ofical de “Costumer is King” (algo que ele não fazia há algum tempo), todo realizado no universo do jogo.

Vale destacar que esta foi a 1ª vez que um artista se uniu a desenvolvedora de jogos para criar um clipe integralmente dentro deste universo. Ainda, em conjunto com o lançamento, o DJ também liberou um set exclusivo dentro do novo “mundo” do GTA. Tá tudo aí.

Nessa mesma pegada, os italianos do Tale of Us também fizeram sua estreia ao vivo na expansão do jogo e entregaram em um set de meia hora algumas das faixas que devem fazer parte de seu próximo álbum de inéditas. Pra ouvir esse set especial é só clicar aqui

E com isso só me resta a pergunta: qual será o próximo passo dentro desse universo gigantesco?

Calvin Harris ainda é o DJ mais bem pago do planeta de acordo com lista da Forbes

Pra quem curte acompanhar essas listas (o melhor, o mais bem pago, o que mais viaja), já não é novidade que Calvin Harris é o DJ/produtor mais bem pago do planeta há algum tempo, de acordo com a Forbes.

A lista de 2018 não trouxe novidade no topo e colocou entre os 15 mais bem remunerados, nomes como Tiesto, The Chainsmokers, Steve Aoki, Zedd, Diplo e mais. Veja abaixo a lista completa que leva em consideração todos os rendimentos dos artistas (shows, músicas, entre outros projetos que envolvam o trabalho dos artistas).

1. Calvin Harris – US$48 Milhões
2. The Chainsmokers – US$45,5 Milhões
3. Tiësto – US$33 Milhões
4. Steve Aoki – US$28 Milhões
5. marshmello – US$23 Milhões
6. Zedd – US$22 Milhões
7. Diplo – US$20 Milhões
8. David Guetta – US$15 Milhões
9. Kaskade – US$13,5 Milhões
10. Martin Garrix – US$13 Milhões
11. Axwell Λ Ingrosso – US$12 Milhões
12. Kygo – US$11,5 Milhões
13. DJ Snake – US$11 Milhões
14. Dimitri Vegas & Like Mike – US$10,5 Milhões
15. Afrojack – US$10 milhões

Tomorrowland libera 49 sets de seu 2º final de semana e um aftermovie que vai te fazer chorar

Beleza, Tomorrowland com dois finais de semana é um sonho, sem dúvida. Na semana passada eu selecionei alguns sets que achei interessantes, mas dessa vez vai rolar uma lista com tudo que o festival belga liberou. Mas, pra não passar batido, vou listar alguns destaques importantes pra irmos direto ao ponto.

Então, em meio a nomes de sucesso na cena EDM, como Tiesto, Don Diablo, Alesso e Afrojack, o que chama a atenção são as pérolas.

Busque o set certeiro de Kolsch, ou ainda Armin van Buuren tocando 2h30 em seu habitat. Tem ainda Sasha, Dubfire, Nora En Pure, Adam Beyer e um especial - absurdamente incrível - de Eric Prydz. É música pra mais de uma semana.

Pra fechar, o sempre impressionante aftermovie que consegue dar uma ideia do tamanho e do clima de um festival que une tantas vertentes sonoras e tantas pessoas de maneira tão especial. É clicar, deixar acontecer e sentir as lágrimas caindo.

Lançamentos e descobertas da semana

Gezender + Moebiius - Tantra EP.

Os brasileiros Gezender e Moebiius entregam uma mistura climática de sons cheios de possibilidades no EP. Tantra. Com duas faixas originais, “Tantra” e “Samadhi Pt.1”, viajar com as escolhas que compõem cada momento das criações é o mínimo possível. O EP. lançado pelo selo Neurom Records, de Berlim, é o terceiro da carreira de Gezender e ainda conta com remixes de Blancah, Teto Preto e Tessuto. Pra entender realmente o que essas faixas têm a dizer, só dando o play.

Alex Stein - Hostage EP.

Stein mostra toda a sua categoria e qualidade sonora em seu novo EP. Hostage. Composto por três faixas inéditas (“Hostage”, “Blackbird” e Catalyst) é praticamente impossível não pular na cadeira e se surpreender com cada elemento inserido em suas criações com pegada forte e marcante. Stein é brasileiro e há algum tempo tem mostrado talento especial para entregar tracks incrivelmente bem produzidas, com assinatura, e perfeitas para se perder na pista. Sério, se você ainda não ouviu esse EP. dá o play e se prepara, pois o mínimo esperado pra esse momento é que você dance.

Kalén + Manuel Sanchez - “Avenir”

Mantendo o link com os nomes brasileiros, outra faixa bacana que apareceu por aqui foi “Avenir” produzida por Kalén e Manuel Sanchez. Música de sonoridade simples e que entrega o que se propõe ao trabalho bons elementos que exploram a dinâmica musical de forma balanceada e fora das fórmulas. Daquelas produções que chegam quando você menos espera. Dá o play e deixa a música acontecer.

Third Party - “Midnight”

Uma das coisas mais bacanas da música eletrônica é que alguns elementos são atemporais. E o Third Party parece ter entendido isso muito bem com seu novo single, “Midnight”. A dupla composta por Jonnie Macaire e Harry Bass entrega uma faixa fincada no vocal house, cheia de elementos que já estiveram presentes nas pistas, e garante um tempero um pouco mais contemporâneo graças a elementos sonoros mais próximos dos dias atuais. Vale dar o play, sentir uma pontinha de saudosismo, e sair dançando pela casa.

Vamos dançar onde?

Final de semana recheado de boas possibilidades para quem está em busca de pistas para suar a camisa no tardio inverno paulista. Tem festival, tem casa média e tem muita coisa de graça. Dá só uma olhada.

O sempre incrível Caos, em Campinas, monta um line de peso formado por Speedy J, Zopelar, Tijana, Zopelar (live) e Nascii, nesta sexta (3), a partir das 23h. Pra ficar em poucas palavras, Speedy J é um dos principais nomes da música eletrônica - ao lado de Richie Hawtin e Laurent Garnier - graças ao seu afinco na divulgação e criação de um Techno único e marcante. As informações sobre ingressos e como chegar estão aqui.

O sábado (4) chega com aquele velho detalhe: várias coisas acontecendo ao mesmo tempo. No início da manhã, precisamente às 11h, o núcleo Batata Eletrônica inicia às atividade no Largo da Batata como parte da mostra pública URBE. No line, nomes conhecidos da festa comandam o espaço até às 21h. Vale ressaltar que o evento é gratuito e as informações estão aqui.

Também durante a tarde rola o MiniMECA #012. O negócio nesse evento gratuito é ir preparado pra curtir o som do Wind City Classics que homenageia a cultura House ao tocar clássicos do segmento com uma roupagem autoral. No mesmo dia ainda rola o show da banda Marrakesh, e um set do DJ Dimas Henkes. O rolê começa às 15 e vai até às 22h. Tudo que você precisa saber está aqui.

Mais à noite, a partir das 22h, rola a segunda edição da D.SIDE, selo de festas da D.EDGE organizado em parceria com os produtores da edição brasileira do DGTL e The Hole Festival. O line, dividido em dois palcos, conta com nomes como . Todos os detalhes estão disponíveis aqui.

E, pra fechar o esquema, se ainda rolar uma forcinha no domingo (5), a galera do Poros leva mais um evento pra rua pra - endereço liberado no dia - com uma programação focada no ᴍɪɴɪᴍᴀʟ, ʜᴏᴜsᴇ, ᴍɪᴄʀᴏ, ᴛᴇᴄʜɴᴏ. A festa começa às 14h e vai até às 22h e é uma daquelas boas chances pra curtir música bacana com gente boa. Tudo que você precisa saber está bem aqui.

Agora é se preparar, já que o final de semana tá cheio de eventos bacanas e vários eventos gratuitos pra chegar e curtir. Eu tô ansioso pra dançar e vocês? Nos vemos nas pistas!