Música

Notícia

Gal Costa, grande voz da MPB, morre aos 77 anos

Assessoria da artista confirmou a morte ao jornal Folha de São Paulo

Omelete
2 min de leitura
09.11.2022, às 11H15.
Atualizada em 09.11.2022, ÀS 11H47

A cantora Gal Costa, uma das vozes mais icônicas da música brasileira, morreu aos 77 anos. Ao Splash, a assessoria informou que a cantora sofreu um infarto nesta manhã de quarta-feira, dia 9: "Gal Costa sofreu um infarto em sua casa e não resistiu. Pedimos respeito e compreensão nesse momento de luto", diz o comunicado.

Recentemente, Gal cancelou o show que faria no Primavera Sound por questões de saúde, mas sua equipe informou que a cantora retornaria aos palcos no fim de novembro.

Gal lançou o seu primeiro trabalho em 1965, ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil. No icônico disco Tropicalia ou Panis et Circencis, de 1968, Gal cantou "Mamãe Coragem", "Parque Industrial" e "Enquanto Seu Lobo Não vem", antes de lançar em 1969 seu primeiro álbum solo, auto-intitulado. Gal Costa trouxe hits como "Baby" e "Divino Maravilhoso".

Outros hits na sua voz incluem "Um Dia de Domingo", "Chuva de Prata", "Lágrimas Negras", "Vapor Barato" e mais. Com mais de 55 anos de carreira, Gal lançou 31 álbuns de estúdio e foi indicada 5 vezes ao Grammy Latino. 

Uma cinebiografia de Gal Costa, Meu Nome é Gal, está em produção atualmente. O filme tem direção de Dandara Ferreira e Lô Politi e terá Sophie Charlotte no papel da cantora. 

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.