Música

Notícia

BTS canta "Idol" e explica nome do grupo no Graham Norton

Jimin, porém, não participou do programa

Mariana Canhisares
13.10.2018
10h51
Atualizada em
13.10.2018
21h28
Atualizada em 13.10.2018 às 21h28

O BTS foi a atração musical do Graham Norton Show nesta semana. Mesmo sem Jimin, que cuidava de uma dor muscular severa, os demais seis garotos performaram "Idol". Assista acima.

Após a apresentação, o grupo foi questionado sobre o real significado por trás do nome BTS. Diferentemente do que muitos supunham, não se trata de "behind the scenes" ("por trás das cenas" ou simplesmente "bastidores", em inglês). O acrônimo simboliza tanto "beyond the scene" (isto é, "além da cena"), como Bangtan Boys em coreano.

Norton também pediu que o grupo falasse sobre o discurso que fizeram na ONU, cuja mensagem lembra o nome do seu álbum mais recente, Love Yourself: Answer. Sobre o assunto, RM disse: "a vida sempre tem dilemas e temos que ter dor, porque quando a luz vem, sempre temos sombras e não podemos evitar isso. Então, queria dizer que temos que encontrar um jeito de nos amar. Especialmente a juventude, podemos ser mais felizes e podemos ter uma vida boa."

Assista a entrevista na íntegra a seguir:

"Idol" faz parte do último álbum do grupo, Love Yourself: Answer, que marcou a segunda vez que o BTS atingiu o topo da Billboard 200. A conquista rendeu, mais uma vez, congratulações do presidente da Coreia do Sul, Moon Jae In.

O clipe de "Idol" quebrou o recorde de visualizações de um clipe musical no YouTube nas primeiras 24 horas. Acumulando mais de 45 milhões de views no primeiro dia, "Idol" ultrapassou o recorde anteriormente obtido por Taylor Swift, por "Look What You Made Me Do", com 43.2 milhões.