Britney Spears: Empresário se demite após 25 anos com cantora

Música

Notícia

Britney Spears: Empresário se demite após 25 anos com cantora

Larry Rudolph citou intenção da popstar de se aposentar em carta de demissão

Caio Coletti
06.07.2021
07h56
Atualizada em
05.08.2021
14h11
Atualizada em 05.08.2021 às 14h11

Larry Rudolph, empresário de Britney Spears desde 1995, pediu demissão ontem (5). O executivo citou declarações dadas por Britney sobre sua vontade de se aposentar e escreveu que "acredita que sua demissão seja o melhor para ela neste momento".

De acordo com o Deadline, na carta entegue aos administradores da tutela de Britney, Rudolph comenta ainda que não se comunica diretamente com a popstar há dois anos e meio - em 2019, ela suspendeu shows de sua residência em Las Vegas (EUA) e entrou em hiato profissional.

Rudolph só não foi empresário de Britney, oficialmente, durante um período de poucos meses entre 2007 e 2008, exatamente o momento em que os problemas de saúde mental da cantora se agravaram e a tutela comandada pelo pai dela, Jamie Spears, foi estabelecida.

Atualmente, Britney briga na justiça pela dissolução da tutela. Em depoimento na semana passada, a popstar acusou o pai de tentar controlar cada aspecto de sua vida, inclusive se ela poderia ter um filho ou se casar. "Eu realmente acredito que esta seja uma situação abusiva", disse.

"Eu tenho um DIU [Dispositivo Intrauterino] dentro de mim, mas eles não me deixam ir ao médico para removê-lo, porque não querem que eu tenha mais filhos. Esta tutela está me fazendo muito mais mal do que bem", continuou ela, conforme relatou a CNN.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.