Emicida no Papo de Segunda/GNT/Reprodução

Créditos da imagem: GNT/Twitter/Reprodução

Música

Notícia

Emicida fala sobre discussão do racismo no Brasil em programa de TV

“A gente só aceita discutir racismo no Brasil se ele for pautado pelos Estados Unidos”, disse o músico

Nicolaos Garófalo
02.06.2020
22h17

Dando sequência aos crescentes debates sobre racismo e brutalidade policial contra negros no Brasil e no mundo, Emicida falou sobre a diferença de postura dos brasileiros ao discutir a morte de cidadãos negros dentro do próprio país e nos Estados Unidos. Se referindo à cobertura do assassinato de George Floyd, em 25 de maio, disse que a mídia brasileira é clara ao falar da cor da pele das vítimas e ao expor as ações brutais dos policiais envolvidos (via Tenho Mais Discos Que Amigos).

Quando a gente trata de caso doméstico, toda essa percepção some e aí se trata esse assunto como se fosse uma grande suposição”, seguiu o rapper. “E se alguém levanta esse ponto e fala ‘existe uma situação que estruturalmente assassina pessoas pretas’, a gente recebe colunista dizendo que a gente é vitimista e político imbecil reverberando esse mesmo tipo de discurso”. Confira a fala completa de Emicida, transmitida durante o Papo de Segunda, da GNT, abaixo:

Recentemente, Emicida lançou o clipe de "Quem Tem Um Amigo (Tem Tudo)" com inspiração em Dragon Ball e participou da Omelete LIVE falando sobre cinema, animes, rima e muito mais.

AmarElo, seu álbum de estúdio mais recente, foi lançado em outubro de 2019. O disco foi acompanhado do lançamento de AmarElo – O Filme Invisível, podcast em que desvenda as referências das letras e composições do lançamento.