Música

Notícia

Avicii, DJ sueco de "Wake Me Up!" e "Hey Brother", morre aos 28 anos

Família pediu privacidade e respeito aos fãs

Rafael Gonzaga
20.04.2018
14h28
Atualizada em
26.04.2018
15h07
Atualizada em 26.04.2018 às 15h07

O DJ sueco Avicii, nome pelo qual Tim Berglind ficou conhecido, morreu aos 28 anos em 20 de abril, de acordo com a Billboard.

"É com profundo pesar que anunciamos a perda de Tim Bergling, também conhecido como Avicii. Ele foi encontrado morto em Muscat, Oman, esta tarde, hora local sexta-feira, 20 de abril. A família está devastada e pedimos a todos para respeitar a sua necessidade para a privacidade neste momento difícil. Não serão dadas mais declarações", disse a assessora de imprensa do músico em comunicado. 

A causa da morte não foi divulgada. 

Em 2016, o DJ declarou que não faria mais turnês. Na ocasião, Avicii divulgou uma carta falando sobre a decisão. "Eu nunca vou deixar a música de lado – continuarei a falar com meus fãs, mas decidi que esta turnê de 2016 vai ser a minha última, com meus últimos shows. Vamos fazer com que sejam um estrondo! Uma parte de mim diz nunca diga nunca, diz que eu poderia voltar – mas eu não vou voltar tão cedo".

Avicii enfrentava problemas de saúde há bastante tempo. O DJ foi hospitalizado em janeiro de 2012, em Nova York, por 11 dias. O diagnóstico na ocasião foi pancreatite aguda, supostamente causada pelo consumo excessivo de álcool. Em março de 2013, ele sofreu uma nova inflamação e, em 2014, desmarcou shows para se recuperar de cirurgias - na época, a perda de peso do artista preocupou os fãs.

Em sua carreira, Avicii foi indicado duas vezes para o Grammy, uma vez pela faixa "Sunshine", parceria com David Guetta lançada em 2012, e uma vez pela música "Levels", de 2013. Algumas de suas canções mais famosas são "Wake Me Up!", "You Make Me", "Hey Brother" e "Waiting for Love". Seu último trabalho foi o EP Avīci (01), produzido pelo próprio artista e lançado pela Avicii Music em 10 de agosto de 2017.