Música

Lista

As melhores músicas da Copa do Mundo desde 1962

De hinos às não-oficiais, as mais marcantes canções através dos anos

Julia Sabbaga
13.06.2018
16h38

Com a Copa do Mundo começando essa semana, o povo volta a ser embalado pelas canções características dessa época do ano. Com tantos hinos e faixas dedicadas a copa, relembramos abaixo as maiores composições que marcaram seus anos, desde 1962, quando a Copa do Mundo passou a adotar um hino oficial. Confira:

"El Rock del Mundial" - Los Ramblers (1962)

Em 1962, a Copa do Mundo adotou sua primeira canção oficial, "El Rock del Mundial", da banda Los Ramblers, do país sede do campeonato, Chile. O simpático rock, além de ter estabelecido alguns dos elementos tradicionais dos hinos que viriam desde então - como coros, palmas e apitos - se tornou um dos hits mais vendidos da história da música chilena. Ouça aqui. 

"Pra Frente Brasil" - Miguel Gustavo (1970)

"Pra Frente Brasil", canção escolhida pelos patrocinadores da Copa por meio de concurso é, provavelmente até hoje, a canção mais histórica da Copa do Mundo para o Brasil, em grande parte por ser o canto da vitória de 1970. A composição de Miguel Gustavo é cantada até hoje para incentivar a seleção brasileira. Ouça aqui.

"Povo Feliz" - Memeco e Nonô do Jacarezinho (1982)

Em 1982 o Brasil estava inspirado novamente e recebeu outro hino para a seleção brasileira, a faixa composta por Memeco e Nonô do Jacarezinho, "Povo Feliz", mais conhecida pelo nome carinhoso de "Voa Canarinho". A gravação foi lançada pouco antes da Copa na Espanha, na voz do ex-jogador de futebol Júnior. Ouça aqui.

"Hot Hot Hot" - Arrow (1986)

Em 1986, a FIFA adotou a música "Hot Hot Hot", do Arrow, como hino oficial, apesar de ter sido gravada e lançada quatro anos antes. A faixa tem um ritmo latino e pop que influenciou diversas canções da Copa a partir de então. Ouça aqui.

"Coração Verde e Amarelo" (1994)

Em 1994, quem foi responsável por marcar o ano com o hino da seleção brasileira foi a Rede Globo, com o jingle histórico "Coração Verde e Amarelo", composto por Tavito e Paulo Sergio Vale. Até hoje, a canção marca a torcida do país. Ouça aqui.

"La Copa de la Vida" ("The Cup of Life") - Ricky Martin (1998)

Em 98, a FIFA oficializou a seperação emtre "hino oficial" e "música oficial", e também adotou uma canção que já tinha sido lançada um ano antes, "La Copa de La Vida", do álbum Vuelve de Ricky Martin. No ano da Copa, a faixa virou a música oficial e se tornou uma das mais marcantes, pelo ritmo empolgante e o coro memorável de "Ale Ale Ale!". Ouça aqui.

"Waka Waka (This Time For Africa)" - Shakira (2010)

Em 2010, Shakira marcou o ano com o enorme hit na canção oficial "Waka Waka (This Time For Africa)", para a Copa do Mundo da África do Sul. Apesar de ter gerado controversias pela escolha da cantora para representar a música da Copa, "Waka Waka" é considerada uma das maiores canções escolhidas pela FIFA, e cativou o mundo inteiro com a batida que mistura ritmos latinos e africanos. Ouça aqui.

"Wavin' Flag" - K'naan (2010)

"Wavin' Flag" também se tornou memorável na Copa do Mundo de 2010. A faixa relançada como "Wavin' Flag (The Celebration Mix)" pelo seu compositor, o somali-canadense K'naan, foi divulgada na campanha da Coca-Cola e rapidamente conquistou o público. Ouça aqui.

"Dar Um Jeito (We Will Find a Way)" - Carlos Santana (2014)

Na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, a música oficial foi "Dar Um Jeito (We Will Find a Way)", composição de Carlos Santana que trazia vocais de Wyclef e participações de Alexandre PiresAvicii. Apesar do ano ter sido ligeiramente traumático para o Brasil, a música de Santana marcou pela fusão de diversos artistas, de estilos e nacionalidades diferentes. Ouça aqui. 

Menção Honrosa: "A Taça do Mundo é Nossa" (1958)

Em 1958, depois da seleção brasileira ganhar a sua primeira Copa do Mundo, na Suécia, a canção composta por Wagner MaugeriLauro MüllerMaugeri Sobrinho e Victor Dagô, "A Taça do Mundo é Nossa" conquistou o país. A faixa foi lançada antes da FIFA passar a adotar hinos e músicas oficiais e por isso não caberia nesta lista, mas sua importância histórica a torna essencial entre as músicas marcantes. Ouça aqui.