Álbuns de Rock mais vendidos

Créditos da imagem: Divulgação

Música

Lista

Mês do rock: relembre os álbuns mais vendidos de todos os tempos

Eagles, AC/DC e Alanis Morissette figuram na lista

Julia Sabbaga
07.07.2020
12h15

Já é fato conhecido que sucesso comercial não equivale necessariamente à qualidade. A quantidade de obras (não apenas musicais) que são sucesso estrondoso ao redor do mundo e não são exatamente um consenso de crítica são inúmeras. Mas quando se fala de rock e se discute sucesso através dos anos, os números não mentem. Ao reunir os álbuns de rock mais bem-sucedidos comercialmente, é impressionante o nível de qualidade que se encontra disco após disco. 

Mas vamos assumir uma coisa: listas de álbuns de música são polêmicas por natureza. Mesmo quando tentamos evitar controvérsias, listando fatos como álbuns mais vendidos, existem informações divergentes que abrem espaço para qualquer tipo de discussão. Diferentes orgãos e registros de acordo com os países, tipos variados de contabilização e dados abertos à interpretação são alguns dos problemas enfrentados quando precisamos listar as obras mais vendidas ao redor do mundo. Mas é possível chegar à uma lista aproximada ao considerar os registros oficiais de cada país e, por mais que esse número talvez divirja de vendas estimadas, o resultado é uma seleção relativamente confiável de alguns dos álbuns mais bem-sucedidos de rock de todos os tempos. 

Celebrando o mês do rock, relembramos agora os álbuns que foram sucessos absolutos e permanecem até hoje entre os mais vendidos. Para a nossa seleção, nos baseamos principalmente no número de vendas nos EUA e Reino Unido - que fornecem os números mais próximos à venda total global - e consideramos apenas os trabalhos originais, excluindo, por exemplo, o álbum de rock mais vendido da história, a seleção de melhores do Eagles, ou outro grande sucesso, a coletânea de números 1 dos Beatles, 1. Confira:

Eagles - Hotel California (1976)

Eagles - Hotel California
Divulgação

Quem está ligado no mercado fonográfico sabe que a banda que encabeça a lista de álbuns mais vendidos de todos os tempos é o Eagles, e não apenas na nossa lista, que considera apenas álbuns originais. A coletânea do grupo, Their Greatest Hits, é o álbum mais vendido de todos os tempos, com 41.2 milhões de vendas ao redor do mundo. Nos EUA, o álbum disputa o topo da lista com Thriller, de Michael Jackson, que só não entrou na lista por uma tecnicalidade (apesar de brincar com elementos inegavelmente de rock, Thriller está mais próximo de um álbum de pop, funk ou disco).

Mas quando se fala estritamente de rock, e de álbuns originais, quem está no topo é Hotel California, álbum de 1976 do Eagles e quinto disco de estúdio do grupo. Com o hit imortal da faixa-título, e canções como "New Kid in Town" e  "Life in the Fast Lane", o Eagles fez um sucesso estrondoso em sua época, levando inclusive dois Grammys por ele, por Melhor Gravação ("Hotel California") e Melhor Arranjo Vocal ("New Kid in Town"). Ele chegou perto de levar o prêmio de álbum do ano, mas perdeu para outro disco que aparecerá nesta lista, Rumours, do Fleetwood Mac.

Total aproximado de vendas mundiais: 32 milhões.

AC/DC - Back In Black (1980)

AC/DC - Back In Black
Divulgação

Back In Black, o sétimo álbum de estúdio do AC/DC, foi um sucesso absoluto e relativamente surpreendente considerando o momento da carreira da banda. O grupo australiano havia lançado no anterior o seu maior sucesso até então, Highway To Hell, mas em fevereiro de 1980 eles perderam seu icônico vocalista Bon Scott. Contrariando expectativas, o AC/DC recebeu Brian Johnson como seu novo vocal e em julho lançou Back To Black, que eventualmente se tornaria não apenas o maior sucesso comercial da banda, como um dos maiores sucessos da história da música. 

Com faixas históricas como "You Shook Me All Night Long", "Shoot To Thrill" ou a faixa-título, Back In Black se tornou um dos mais importantes álbuns de rock, hard rock e é considerado um dos responsáveis por um dos maiores anos na história do heavy metal: também em 1980, o gênero recebeu Ace of Spades, do Motörhead e Blizzard of Ozz, de Ozzy Osbourne.

Total aproximado de vendas mundiais: 29.4 milhões.

Led Zeppelin - Led Zeppelin IV (1971)

Led Zeppelin IV
Divulgação

O que seria do rock sem "Stairway to Heaven"? É difícil dizer, e ainda bem que não precisamos pensar muito nisso. Felizmente, em 1971, o Led Zeppelin lançou o seu quarto álbum de estúdio, sem título, que viria a ser conhecido como o Led Zeppelin IV, um dos álbuns mais vendidos da história. Mais extraordinário ainda é que o grupo de Jimmy Page, Robert Plant, John Paul Jones e John Bonham incluiu no álbum algumas outras pérolas, como "Black Dog", "Rock and Roll" e "Going To California".

Led Zeppelin IV não é apenas um dos álbuns mais vendidos do rock como conhecido por sua influência através dos tempos. Provavelmente o maior responsável pela sonoridade do hard rock nos anos 70, Led Zeppelin IV une os melhores elementos do rock, heavy metal, blues e folk em um trabalho perfeitamente coeso, considerado entre os maiores álbuns de todos os tempos por diversas publicações. 

Total aproximado de vendas mundiais: 29 milhões.

Fleetwood Mac - Rumours (1977)

Fleetwood Mac - Rumours
Divulgação

O fato de que Rumours, o álbum mais bem-sucedido da carreira do Fleetwood Mac, é o seu 11º álbum de estúdio, é realmente surpreendente. O grupo já havia feito sucesso com seu álbum auto-intitulado, em 1975, mas foi apenas em 1977, no segundo álbum de Stevie Nicks no vocal, que o grupo ultrapassou fronteiras e se tornou uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. 

Rumours lançou sucessos memoráveis como "Dreams", "Go Your Own Way" e a icônica "The Chain", que nem foi lançado como single, mas se tornou eventualmente uma favorita dos fãs. Vencedor do Álbum do Ano no Grammy e considerado um dos álbuns mais importantes da história dos EUA, que o adicionou à Biblioteca do Congresso por sua importância cultural, histórica e artística. 

Total aproximado de vendas mundiais: 27.9 milhões. 

Metallica - Metallica (1991)

Metallica - Black Album

O quinto álbum de estúdio do Metallica pode ter desagradado fãs do som antigo da banda, já que o auto-intitulado trabalho (popularmente conhecido como o The Black Album) se afastou da sonoridade do thrash metal e se aproximou de um som mais popular e tradicional do heavy metal. Mas o sucesso do Black Album, responsável por levar o Metallica ao mainstream, é inegável. Com hits lendários como "Nothing Else Matters" e "The Unforgiven", o grupo de Lars Ulrich e James Hetfield chegava no início dos anos 90 às rádios de rock mais populares. 

A barreira que o Black Album quebrou, levando um dos maiores nomes do metal para o público geral, mudou para sempre o rock pesado, e fez do Metallica um dos maiores nomes da música até hoje. O álbum pode ter tido seus hits icônicos, mas é considerado em sua inteiridade um álbum essencial da história do gênero. 

Total aproximado de vendas mundiais: 25.2 milhões.

Alanis Morissette - Jagged Little Pill (1995)

Alanis Morissette - Jagged Little Pill
Divulgação

Em 1995, Alanis Morissette surgia para o mundo como uma das maiores e mais jovens estrelas do rock, com seu terceiro álbum, Jagged Little Pill, seu primeiro trabalho a ser lançado internacionalmente (os 2 primeiros discos de Alanis foram lançados apenas no Canadá). Com hits como "You Oughta Know", "Hand in My Pocket" e "Ironic" e muitos outros, Jagged Little Pill veio como uma bomba, tornando Morissette uma nova estrela do rock, com um dos álbuns mais vendidos de todos os tempos. 

Na época, Jagged Little Pill foi indicado a 9 Grammys e levou cinco, incluindo Álbum do Ano, e Morissette se tornou a mais jovem recipiente da honra, aos 21 anos (um recorde que seria quebrado apenas em 2010, quando Taylor Swift levou por Fearless aos 20). Hoje, o álbum é reconhecido como uma grande influência para grande parte das cantoras que vieram logo depois, desde Pink, Meredith Brooks e Avril Lavigne à Katy Perry

Total aproximado de vendas mundiais: 24.4 milhões.

Pink Floyd - The Dark Side of the Moon (1973)

 Pink Floyd - The Dark Side of the Moon (1973)
Divulgação

Oitavo álbum de estúdio do Pink Floyd, o Dark Side of the Moon tem um peso inestimável para o rock. Desde o seu lançamento, em 1973, são inúmeras as bandas que se dizem influenciadas pelo disco conceitual, que mistura temas de tempo, morte, e distúrbios psicológicos, em parte influenciados pelo estado de saúde do membro fundador da banda, Syd Barrett. Em Dark Side of the Moon, David Gilmour, Nick Mason, Richard Wright e Roger Waters entregaram algumas das pérolas do Pink Floyd que ficariam para sempre no legado do rock, em faixas como "Time", "The Great Gig in the Sky" ou "Money". 

Marcando como o álbum mais vendido do grupo, e entrando para a lista dos álbuns mais vendidos da história, Dark Side of the Moon mudou o padrão para álbuns conceituais que viriam depois, e entrou para praticamente qualquer lista que relembra os álbuns mais importantes do gênero. 

Total aproximado de vendas mundiais: 24.4 milhões.

Guns N' Roses - Appetite For Destruction (1987)

Guns N' Roses - Appetite For Destruction
Divulgação

É quase surreal o que o Guns N' Roses conseguiu atingir com o seu primeiro álbum, Appetite For Destruction, lançado dois anos após a formação do grupo. O disco demorou um pouco pra chamar atenção das rádios, mas pouco mais de um ano após o seu lançamento a banda já foi catapultada para os holofotes, com ajuda de hits que continuam gigantes até hoje, como "Welcome to the Jungle", "Sweet Child o'Mine" e "Paradise City". 

Appetite For Destruction é o álbum de estreia mais bem sucedido de todos os tempos, e apesar de não ter sido queridinho da crítica na época, são poucos que negam a importância do disco para rock, não apenas pela sua sonoridade, mas pelo que o Guns representou na época, como um retorno dos rebeldes ao gênero. Em 1987, o grupo de Axl e Slash se tornou sinônimo da tradicional visão de sexo, drogas e rock n' roll. 

Total aproximado de vendas mundiais: 21.9 milhões.

Meat Loaf - Bat Out of Hell (1977)

Meat Loaf - Bat Out of Hell

Logo depois do primeiro álbum do Guns N' Roses, a lista segue com mais um álbum de estreia, desta vez com o Meat Loaf. Seu disco de 1977, Bat Out of Hell, foi um daqueles sucessos lentos, em grande parte pela resistência da gravadora nos EUA, que insistia em não promover o disco. Foi apenas quando Meat Loaf fez uma performance da faixa-título (que tem mais de nove minutos) na TV inglesa que o álbum explodiu no Reino Unido, e o resto do mundo seguiu a tendência. 

Depois que o álbum chegou ao público, ele se tornou um dos álbuns mais vendidos ao redor do mundo, atingindo as paradas em diversos países: até hoje, Bat Out Of Hell é o álbum mais vendido da história na Austrália, e no Reino Unido ele é o terceiro álbum que ficou mais tempo nas paradas, com 522 semanas (atrás apenas do Rumours e do Dark Side of the Moon). Depois do lançamento, Meat Loaf viveu uma decadência em sua popularidade, retornando ao sucesso apenas com o álbum sequência, Bat Out of Hell II: Back into Hell, de 93. 

Total aproximado de vendas mundiais: 21.7 milhões.

Santana - Supernatural (1999)

Santana - Supernatural
Divulgação

O 18º álbum do Santana, Supernatural, tinha uma intenção clara de se tornar um sucesso estrondoso, e o objetivo foi atingido muito bem. Com o direcionamento da gravadora de que para o seu novo álbum a banda teria que angariar um grupo de artistas que tocasse nas rádios, o lendário guitarrista Carlos Santana fez parcerias certeiras, com nomes variados que passam por Eric Clapton, Eagle Eye-Cherry, Lauryn Hill, Dave Matthews e Cee-Lo Green

Apesar de ter sido criticado pela falta de coesão (afinal, o número de convidados é imenso), Supernatural acabou soando como um greatest hits, com sucesso atrás de sucesso. Faixas como "Smooth", com Rob Thomas ou "Maria Maria" com Sincere e Money Harm fizeram de Supernatural um dos álbuns mais vendidos de todos os tempos, inclusive o mais recente da nossa lista de 10. 

Total aproximado de vendas mundiais: 21 milhões.