Música

Lista

10 canções que podem concorrer com “Shallow” no Oscar

Categoria de melhor canção original já tem ótimas concorrentes

Julia Sabbaga
19.10.2018
15h17

Nasce Uma Estrela já criou boatos de indicação em diversas categorias, como para Lady Gaga como melhor atriz, e Bradley Cooper como melhor ator e diretor. Mas nenhuma das especulações é tão provável quanto "Shallow" na categoria de melhor música. A faixa, no entanto, tem boas competições para levar a estatueta. Com isso em mente, relembramos abaixo algumas ótimas músicas deste ano que podem aparecer na categoria. 

"All Of The Stars" (Pantera Negra) - Kendrick Lamar e SZA

Para Pantera Negra, Kendrick Lamar e SZA fizeram uma parceria em "All Of The Stars", faixa dos créditos do longa, que chamou atenção e já criou expectativas para uma indicação. Produzida por Sounwave e Al Shux, a faixa tem trechos de rap de Lamar e um refrão melódico de SZA. 

Warner Bros/Divulgação

"Ashes" (Deadpool 2) - Celine Dion

A canção de Deadpool 2, "Ashes" foi lançada quase de zoeira, mas é uma poderosa música que poderia ser indicada ao Oscar facilmente. A faixa de Petey MartinJordan Smith e Tedd T ganhou uma performance épica de Céline Dion, que chega aos pés de "My Heart Will Go On", vencedora do Oscar de 1997. 

"Fall On Me" (O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos) - Andrea Bocelli e Matteo Bocelli

O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos é outro longa que tem todo o estilo de Oscar. A faixa original, "Fall On Me", ficou por conta de Andrea Bocelli, que fez um belo dueto com o seu filho, Matteo Bocelli

"Finally Free" (PéPequeno) - Niall Horan

Também é tradição do Oscar que uma música de animação seja indicada. Este ano, PéPequeno, animação da Warner Bros., ganhou uma canção original por Niall Horan, que compôs uma balada animada e folk intitulada "Finally Free", que pode chegar na lista de finalistas. 

"Flower of the Universe" (Uma Dobra no Tempo) - Sade

Uma Dobra no Tempo pode ter decepcionado nas bilheterias, mas a sua música original, "Flower of the Universe", recebeu elogios de todos os lados. A música não é apenas uma emocionante trilha para o filme, como marcou o retorno de Sade, em sua primeira música em sete anos. 

"Here Comes the Change" (On The Basis of Sex) - Kesha

On The Basis of Sex, filme com Felicity Jones sobre Ruth Bader Ginsburg, a segunda mulher na história a se tornar juíza na Suprema Corte Americana, tem toda a cara de Oscar. Ele ainda não estreou para sabermos se a hype é real, mas a sua canção original, "Here Comes the Change", na voz de Kesha, pode ganhar a indicação por seu arranjo de folk grandioso e relevância atual da letra, que pede por igualdade.

"I’ll Never Love Again" (Nasce Uma Estrela) - Lady Gaga

Ninguém melhor para competir com Lady Gaga do que a própria. "Shallow" pode ter chamado muita atenção de início por ser a música que marca o trailer de Nasce Uma Estrela, mas a última música do filme, "I'll Never Love Again" também tem todo o estilo da Academia. Uma balada bem mais lenta e triste, a faixa traz outra performance marcante de Lady Gaga.

"Revelation" (Boy Erased) - Troye Sivan & Jónsi

Boy Erased conta a história de um jovem gay que é filho de um casal de pastores evangélicos, e ganhou uma canção original por Troye SivanJónsi, do Sigur Rós. A dupla de compositores criou uma bela faixa tocante, "Revelation", que também é digna de indicação. 

"Sunflower" (Homem-Aranha no Aranhaverso) - Post Malone com Swae Lee

Tá certo que "Sunflower" não é exatamente o gênero de música que o Oscar indica, mas de vez em quando a Academia surpreende. A dançante faixa de Post Malone com Swae Lee, para Homem-Aranha no Aranhaverso, é tão simpática que pode chegar ao Oscar.  

"Suspirium" (Suspiria) - Thom Yorke

O vocalista do Radiohead, Thom Yorke, está fazendo sua estreia em uma trilha sonora de longa-metragem no remake de Suspiria de Luca Guadagnino. A primeira faixa revelada, "Suspirium", é uma linda balada no piano que levou o Soundtrack Stars Award em Veneza este ano, que pode muito bem ganhar uma indicação no ano que vem.