Punho de Ferro

Créditos da imagem: Netflix/Marvel Television/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Punho de Ferro | Coordenador de lutas diz que ator não queria treinar

Brett Chan diz que Marvel não ajudou a equipe a lidar com problemas do elenco

Nico Garófalo
18.08.2021
11h53

Entre todas as séries da Marvel Television na Netflix, Punho de Ferro foi a de menor sucesso. Muito criticada pela mídia e pelo público, a série teve como seu principal ponto negativo a qualidade de suas cenas de ação. Coordenador das lutas da produção, Brett Chan revelou que os problemas aconteceram porque um ator em particular se recusava a treinar e aprender as coreografias - assista acima a partir de 27 minutos.

Eu apanhei de muita gente depois que a série saiu, mas eles não sabiam [o que aconteceu]. Trabalhamos por 21, 22 horas por dia tentando fazer as coisas funcionarem e a Marvel dizia ‘é, não’”, lembrou Chan. “Todos lutando e o ator não queria treinar”.

Isso não quer dizer que todos os envolvidos em Punho de Ferro se recusavam a treinar. Chan destacou Jessica Henwick em particular, dizendo que a atriz teve “a melhor sequência” de luta da série porque “ela treinava quatro horas por dia e tinha zero experiência com artes marciais”.

Punho de Ferro estreou em 2017 e foi uma das séries da parceria entre a Marvel Television e a Netflix. A franquia, formada também por Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage, resultou no surgimento da série Os Defensores. O Justiceiro foi outra série a fazer parte do universo Marvel/Netflix.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.