Filmes

Notícia

Vingadores | Mark Ruffalo aceitou papel de Hulk por pressão de Robert Downey Jr.

Ator tinha medo de assinar o contrato sem ler o roteiro do filme

Gabriel Avila
09.05.2020
19h35

Se não fosse por Robert Downey Jr, Mark Ruffalo poderia ter recusado viver o Hulk no primeiro filme dos Vingadores. Em entrevista ao The Tonight Show Starring Jimmy Fallon, o ator relembrou que teve medo em aceitar o papel de Bruce Banner por não saber se estaria à altura de Edward Norton, que interpretou o personagem no filme O Incrível Hulk:

“Estava apavorado… Não sabia o que poderia adicionar ao que já havia sido feito tão bem antes de mim e eu vinha fazendo filmes independentes até aquele ponto. Estava meio ‘Não sei se sou a pessoa certa para isso’, e [o diretor] Joss Whedon estava meio ‘sim, você é a pessoa certa’”.

O medo foi tanto que nem mesmo a palavra do diretor Joss Whedon foi o suficiente para acalmá-lo, então foi a vez de Robert Downey Jr., o próprio Homem de Ferro, entrar em ação:

“E então eu recebi uma ligação do Downey… Deve ter chegado a ele que eu estava hesitando e ele simplesmente disse ‘Ruffalo, vamos lá! A gente consegue’ duma forma bem Homem de Ferro. E então depois disso eu fiquei meio ‘Acho que vou ter de fazer’”.

Outra preocupação de Ruffalo estava em aceitar o papel sem ler um roteiro antes, por medo de se comprometer em um projeto que poderia não ser o que ele esperava:

“Mas sabe, a questão é que eu queria ler um roteiro, e eles não te dão roteiros. E eu fiz uma promessa que nunca faria outro filme sem ler o roteiro, porque é uma receita para o desastre. (...) E Whedon… Deus abençoe esse homem… Ele chegou em mim e disse ‘olha cara, aqui estão 20 páginas do que eu escrevi para o Banner’ e eu li aquela primeira cena em que a Viúva Negra encontra o Banner na India e fiquei ‘ok, eu amei. Isso é incrível’”.

Por fim, Ruffalo afirmou que gostaria de voltar ao MCU em um filme que explicasse como Banner e Hulk se uniram no salto temporal ocorrido em Vingadores: Ultimato.