Os irmãos Joe e Anthony Russo

Créditos da imagem: Reprodução/Instagram

Filmes

Notícia

Irmãos Russo quase deixaram Marvel por divergências sobre Guerra Civil

Dupla de diretores enfrentou resistência

Beatriz Amendola
24.10.2021
15h02
Atualizada em
24.10.2021
15h18
Atualizada em 24.10.2021 às 15h18

Os irmãos Anthony e Joe Russo quase deixaram os filmes da Marvel para trás bem antes de poderem dirigir Vingadores: Ultimato. Segundo o livro The Story of Marvel Studios: The Making of the Marvel Cinematic Universe, a dupla e a Marvel tiveram divergências sérias quanto à trama de Capitão América: Guerra Civil [via ComicBook]. 

O problema envolveu o Marvel Studios, chefiado por Kevin Feige, e o Comitê Criativo da Marvel, da Marvel Entertainment -- dona do estúdio. Enquanto os Russo queriam mostrar uma briga entre o Capitão América e o Homem de Ferro no filme, tal como acontece nos quadrinhos, o Comitê vetou a ideia, e insistiu na ideia de que os heróis deveriam se unir para derrotar o Barão Zemo no terceiro ato do filme. 

Os diretores não ficaram nada felizes com a ideia. "Nós chegamos a um ponto em que dissemos, em uma sala, 'não estamos interessados em continuar como diretores deste filme se ele vai ser sobre controlar a política e o terceiro ato'", lembrou Joe Russo à publicação. 

A situação culminou em um encontro com Alan Horn, presidente do Walt Disney Studios, que ficou ao lado de Feige e dos Irmãos Russo. Acredita-se que essa batalha tenha levado à dissolução do Comitê Criativo e levado Feige a reportar diretamanete a Horn. 

 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.