Homem-Aranha

Créditos da imagem: Marvel Comics/Divulgação

Filmes

Lista

Homem-Aranha | Vilões inéditos que queremos ver nos próximos filmes

Sony confirmou nova trilogia estrelada por Tom Holland

Nico Garófalo
13.12.2021, às 18:31
Atualizada em 13.12.2021, às 22:34
Atualizada em 13.12.2021, às 22:34

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa estreia nesta quinta-feira (16) trazendo alguns dos vilões explorados nas franquias comandadas por Sam Raimi e Marc Webb entre 2002 e 2014. Por mais que seja divertido rever rostos conhecidos, a galeria de inimigos do Cabeça de Teia é gigantesca e, com uma nova trilogia estrelada por Tom Holland já confirmada pela Sony, é de se esperar que alguns desses personagens enfim sejam adaptados para as telonas.

Considerando a riquíssima história do Amigão da Vizinhança e de seus antagonistas, separamos dez vilões inéditos nas telonas que gostaríamos de ver nos próximos filmes do MCU.

Obs.: personagens que ganharão seus próprios títulos, como Kraven o Caçador, ou que já tenham sido mensionados mesmo que rapidamente em outros longas, como o Escorpião e o Camaleão, foram desconsiderados.

Chacal

Com Peter indo em breve para a faculdade, o MCU tem a oportunidade perfeita para introduzir o Chacal, vilão responsável pela infame Saga do Clone. Professor do garoto, Miles Warren é um cientista que ficou obcecado por uma de suas alunas --Gwen Stacy, no caso-- e culpou o Homem-Aranha pela morte da jovem durante um confronto do herói com o Duende Verde. Desde então, ele passou a fazer vários experimentos com clones do Cabeça de Teia, dando origem a Ben Reilly, o primeiro Aranha Escarlate, e Kaine Parker, que assumiu o mesmo manto anos depois.

Embora levar o odiado arco dos anos 1990 para as telonas traga um grande risco, o Chacal pode aparecer como um cientista tentando recriar os poderes do Homem-Aranha. Se ao invés de clones de Peter, Warren recriar a aranha que o picou, o MCU abre as portas para as chegadas de Teia de Seda, Miles Morales e, quem sabe, a Aranha-Fantasma, mais conhecida como Gwen-Aranha.

Lápide

Uma das grandes reclamações de fãs do Homem-Aranha com a versão produzida pela Sony e pelo Marvel Studios para os cinemas é que o herói perdeu sua característica pé no chão, com a maior parte de suas novas aventuras se passando fora de Nova York. De 2016 para cá, o personagem se balançou por Berlim, Londres, Veneza, Paris e Washington.

Um bom vilão para trazer o Amigão de volta à Vizinhança é Lápide, um dos grandes chefões do crime da metrópole norte-americana. Com pele praticamente intransponível, o personagem apresentaria uma ameaça e tanto para o Teioso, que teria que dobrar suas patrulhas para poder limpar a cidade dos capangas do mafioso.

Cabeça de Martelo

Caso não queira usar o Lápide, a Sony pode sempre recorrer ao bom e velho Cabeça de Martelo, segundo dos três gângsters icônicos das páginas do Homem-Aranha trazidos para essa lista. Violento e impaciente, ele não vê problema em sujar as mãos de sangue e já deixou o Teioso à beira da morte algumas vezes desde que foi apresentado por Gerry Conway e John Romita nos anos 1970.

Colocar o Amigão da Vizinhança em meio a uma guerra por território entre supermafiosos estaria de acordo com o que já foi visto nos quadrinhos.

Sr. Negativo

A grande diferença entre o Sr. Negativo, o último mafioso do dia, e os personagens dos itens anteriores está na forma como o vilão exerce seu domínio sobre a cidade. Mais reservado que Lápide e Cabeça de Martelo, ele é um grande estrategista e usa muito mais táticas discretas que a violência.

O Sr. Negativo também traria um conflito interessante para o Aranha do MCU. Sua personalidade fraturada faz com que seu lado criminoso alterne com a identidade de Martin Li, um homem extremamente caridoso e um dos principais filantropos de Nova York. Essa dualidade poderia ser explorada não só na forma como Peter enfrenta o gângster, mas também em como a mídia o retrataria caso ele levasse um reconhecido benfeitor à cadeia.

Duende Macabro

Ao todo, os live-actions do Homem-Aranha já trouxeram três versões diferentes do Duende Verde, com a primeira delas prestes a retornar em Sem Volta Para Casa. Caso não queira trazer um substituto imediato para Willem Dafoe nos próximos filmes - ou mantê-lo -, a Sony sempre terá na manga a carta do Duende Macabro. Como o próprio nome já diz, o personagem é um vilão de aura aterrorizante e um dos oponentes mais violentos que o Cabeça de Teia já enfrentou.

O manto também não está preso a Ned Leeds, melhor amigo de Peter no MCU vivido por Jacob Batalon. Ao longo dos anos, o traje do Duende Macabro já foi usado por Phil Urich, Roderick Kingsley, Daniel Kingsley, Arnold Donovan e até Harry Osborn. Qualquer uma dessas encarnações, aliás, seria uma baita pedra no sapato do Aranha, que precisaria estar em sua melhor forma para vencer esse vilão sádico.

Mancha

Nos quadrinhos, Mancha foi um cientista chamado Jonathan Ohnn que transformou seu próprio corpo em uma série de portais interdimensionais ao estudar os poderes do herói conhecido como Manto. Suas habilidades permitem que ele transporte qualquer objeto ou pessoa através das manchas pretas distribuídas por seu corpo.

O MCU pode abordá-lo de duas maneiras diferentes, mas igualmente interessantes. A primeira seria próxima à usada com os Shokers de De Volta ao Lar e mostraria o personagem mais como um perigoso capanga do que um vilão próprio. A outra é cavar mais fundo em sua origem nas páginas e fazer dele um colega de Quentin Beck, mais conhecido como Mistério (Jake Gyllenhaal). Se, depois de Sem Volta Para Casa, o Homem-Aranha seguir sendo acusado de matar o ex-funcionário das Indústrias Stark, Ohnn poderia surgir como um antagonista atrás de vingança.

Enxame

Enxame não é exatamente o mais profundo dos vilões, mas tem potencial para ser um dos mais aterrorizantes. Embora sua personalidade se resuma a “cientista nazista obcecado por abelhas”, o fato dele conseguir se dividir em milhares de abelhas assassinas com uma consciência coletiva pode causar pesadelos em qualquer super-herói.

Considerando que já vimos Tom Holland enfrentar drones, alienígenas, lasers e até o sogro, colocar o ator para descer a porrada em um exército de violentas abelhas supremacistas não parece nada muito absurdo.

Morlun

Membro de uma antiga raça que se alimenta da força vital de super-humanos com poderes aracnídeos - os chamados Totens Aranha -, Morlun já matou diferentes versões de Peter Parker através do multiverso, sendo inclusive o vilão central da HQ original do Aranhaverso. Criado em 2001, ele deixou a versão principal do herói à beira da morte, de onde ele só se salvou por causa de sua conexão com uma entidade mística conhecida como O Outro (sim, é bem confuso).

Assim como aconteceu com histórias como Guerra Civil e Desafio Infinito, essa história pode ser bem simplificada caso seja adaptada para as telonas, talvez mantendo apenas a capacidade de Morlun de viajar pelo multiverso matando pessoas-aranha e mostrando Peter tendo que lutar de forma implacável para se manter vivo.

Bumerangue

Bumerangue talvez seja um dos criminosos mais incompetentes dos quadrinhos da Marvel. Mostrado predominantemente como um capanga, Fred Myers usa bumerangues com diferentes truques para assaltar bancos, roubar lojas e, quando dá sorte, atrasar a humilhação que vai sofrer do primeiro vigilante que o encontrar. Nos últimos anos, no entanto, ele tem passado por um atrapalhado arco de redenção, tendo se tornado companheiro de quarto de Peter e um parceiro não-oficial do Homem-Aranha no combate ao crime.

Com Peter indo para a faculdade, Fred pode ser introduzido como um novo amigo inconveniente que, por coincidência, também é um criminoso. Afinal, o que seria do Homem-Aranha sem um pouco de bobeira de vez em quando?

Granada

Embora tenha o mesmo codinome da personagem apresentada em Gavião Arqueiro, a Granada que esta lista considera é Lana Baumgartner, garota nascida no Universo Ultimate e que migrou para a realidade principal da Marvel após os eventos de Guerras Secretas II. Atual membro dos Campeões, Lana foi usada por anos por sua mãe, Lori, que tentava enriquecer roubando bancos.

Indo na mesma esteira de Bumerangue, a jovem Granada pode ser introduzida como uma vilã tentando corresponder às expectativas da mãe antes de mudar de lado e se juntar ao Aranha na luta contra o crime.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.