Como Vingadores: Ultimato sugere a chegada de Namor no MCU

Créditos da imagem: Divulgação/Marvel Comics

Filmes

Artigo

Como Vingadores: Ultimato sugere a chegada de Namor no MCU

Tradicional herói da Casa das Ideias pode aparecer nos cinemas em breve

Gabriel Avila
24.05.2019
12h15
Atualizada em
24.05.2019
12h37
Atualizada em 24.05.2019 às 12h37

Para muitos fãs, Vingadores: Ultimato deixou a porta aberta para a chegada de um dos heróis mais tradicionais das HQs no MCU: Namor, o Senhor dos Sete Mares. Cinco anos após Thanos estalar os dedos, o que restou da equipe se dividiu para proteger o universo. Durante uma reunião do grupo, Okoye informa que estão acontecendo tremores embaixo d’água na África. Questionada sobre quais medidas tomar, a guerreira de Wakanda responde que não há muito o que fazer. Embora pareça insignificante em primeiro momento, esse evento pode indicar a existência de Namor e o povo atlante, que primeiro apareceram nas HQs em 1939.

A estreia do Imperador das Profundezas aconteceu na revista Motion Picture Funnies Weekly #1, publicada pela First Funnies, Inc. Na história, escrita e desenhada por Bill Everett, o submarino descobre que sua origem é na verdade um plano de vingança contra a humanidade. Os atlantes viviam em paz no fundo do mar até que os seres humanos descobriram o local, matando uma boa parte do povo que morava ali. Então sua mãe, a princesa Fen, foi enviada para espionar as embarcações e acabou se apaixonando pelo comandante Leonard McKenzie, com quem teve Namor.

Divulgação/Marvel Comics

Mais antigo que o próprio Universo Marvel, concebido apenas nos anos 1960, Namor foi estabelecido nas HQs da editora como mutante em uma história de Stan Lee e Jack Kirby publicada em X-Men #6. Desde então, o Príncipe Submarino já fez parte de diversas equipes, incluindo Vingadores, Defensores, Invasores e Os Illuminati, grupo composto pelas mais brilhantes mentes da Casa das Ideias, como Homem de Ferro, Pantera Negra, Professor X, Raio Negro e Reed Richards, do Quarteto Fantástico.

Divulgação/Marvel Comics

Em entrevista ao THR, o roteirista Christopher Markus, negou que a intenção do diálogo tenha sido introduzir Namor ao universo cinematográfico da Marvel. Ainda assim, vale lembrar que rumores indicavam a apresentação do personagem nos cinemas desde a inauguração de um brinquedo do parque da Disney que mostrava um “artefato misterioso encontrado no fundo do oceano” criado por uma civilização desconhecida. A mesma atração trazia a Rompe-Tormentas, o martelo “originado nas fornalhas dos anões de Nidavellir” que viria a aparecer um ano depois em Vingadores: Guerra Infinita.

Vingadores: Ultimato segue em cartaz nos cinemas.