Cavaleiro da Lua

Créditos da imagem: Marvel Studios/Divulgação

Séries e TV

Artigo

Cavaleiro da Lua | Harrow fica mais próximo da vitória em terceiro episódio

Capítulo tem primeira grande derrota de Marc e Konshu

Omelete
5 min de leitura
Nico Garófalo
13.04.2022, às 11H53

[Spoilers de Cavaleiro da Lua - “O Tipo Amigável” à frente]

O terceiro episódio de Cavaleiro da Lua foi liberado nesta quarta-feira (13) e trouxe a primeira grande vitória de Arthur Harrow (Ethan Hawke) em sua cruzada para libertar Ammit. Em “O Tipo Amigável”, o vilão também garantiu que Marc/Steven (Oscar Isaac), Layla (May Calamawy) e Khonshu (F. Murray Abraham) sofressem um duro golpe antes da reta final da minissérie.

O capítulo começa com Layla se encontrando com uma velha amiga de seu pai - e uma falsificadora de passaportes -, a quem conta que precisa ir ao Cairo, no Egito, encontrar Marc, que partiu de Londres sem avisá-la. Na conversa entre as duas, é revelado que a mercadora de antiguidades passou a vida roubando artefatos vendidos na ilegalidade para devolvê-los aos donos legítimos.

Passado o logo do Marvel Studios, vemos Harrow e seus seguidores sendo guiados pelo escaravelho dourado em um deserto. Eventualmente, o grupo encontra a tumba em que Ammit foi presa pelos outros deuses da enéada. Enquanto isso, Marc se esgueira por Cairo em busca de um informante, mas, quando chega ao local combinado, vê o parceiro sendo morto por seguidores de Ammit comandados por Harrow.

Durante sua luta contra os capangas, Marc pressiona uma faca no pescoço de um deles, mas é impedido de matá-lo por Steven, que, aparentemente, assume o controle do corpo que as duas personalidades dividem. Quando acorda, Marc está em um táxi em direção ao aeroporto. Coincidência ou não, ele se depara com os mesmos três capangas de Harrow, que agora parecem amedrontados ao ver o ex-mercenário.

Depois de uma perseguição, Marc é golpeado na cabeça e, mais uma vez, perde o controle do corpo. Quando retoma a consciência, ele se vê cercado pelo corpo ensanguentado de dois dos seguidores de Ammit. Ao questionar Steven, ele descobre que sua contraparte também não é responsável pela violência à sua volta, o que assusta ambas as personalidades. De volta à sua investigação sobre o paradeiro de Harrow, Marc - a mando de Khonshu - tenta intimidar o último capanga vivo, mas ele prefere sacrificar a própria vida a dar qualquer informação. Sem opções, Marc convence o deus egípcio a convocar uma audiência com o restante da enéade, algo que, segundo Khonshu, pode provocar a ira dos deuses.

Após Khonshu causar um eclipse, Marc é convocado por Hórus, Ísis, Tefnut, Osíris e Hathor para uma audiência dentro da pirâmide de Gizé. Após o deus da Lua argumentar contra o não-envolvimento dos deuses na vida humana - e ser rechaçado por suas ações na Terra -, ele denuncia a busca de Harrow por Ammit, o que leva o restante da enéade a convocar o vilão para se defender. Além de negar suas verdadeiras intenções, o cultista ainda tenta desacreditar Khonshu e Marc, citando os problemas psicológicos do ex-mercenário e provocando seu antigo mestre a ponto de ele tentar agredir Harrow. Osíris impede que Marc/Khonshu soque o vilão, que é liberado segundos antes de a audiência ser encerrada.

Avatar de Hathor, Yatzil (Díana Bermudez) diz a Marc que ele ainda pode encontrar a tumba de Ammit ao rastrear o sarcófago de Senfu, medjai responsável por esconder a tumba da antiga deusa de seres divinos e mortais. Segundo ela, tal sarcófago foi vendido no mercado clandestino, o que leva Marc a interrogar - sem sucesso - transeuntes em Cairo e a cruzar novamente o caminho de Layla, que lhe avisa que ninguém confiaria no ex-mercenário por ele ser estrangeiro. A mercadora, no entanto, sabe quem possui o sarcófago e concorda em levar Marc até ele.

No caminho, o casal conversa sobre sua relação e a dificuldade de Marc em se abrir. Ele revela à amada que já sabia de suas múltiplas personalidades, mas que, “até recentemente”, era capaz de manter o controle de seu corpo sem dificuldades. Mais uma vez, Marc afasta a ex-mulher assim que percebe que está se abrindo demais, o que a decepciona.

Chegando ao local em que Layla deve encontrar seus contatos, descobrimos que o atual dono do sarcófago de Senfu é Anton Mogart (Gaspard Ulliel), colecionador de artefatos raros (e roubados) com quem a mercadora já teve problemas em Madripoor. Quando o bilionário mostra o sarcófago para Layla e Marc, a dupla tenta desvendar como ele pode revelar o caminho a Ammit, mas apenas Steven consegue entender o quebra-cabeças criado pelo medjai.

Layla se afasta para ocupar Mogart e seus homens enquanto Steven e Marc examinam as pistas no sarcófago, mas eles são interrompidos por um dos guardas de Anton. Para piorar, Harrow aparece com seus homens e destrói o leito de Senfu, acreditando que, assim, Marc e Khonshu não poderão encontrar a tumba de Ammit. O cultista parte, deixando seus inimigos à mercê dos homens de Mogart.

Marc, enfim, ouve Khonshu e invoca o Cavaleiro da Lua, atraindo os capangas de Anton e permitindo que Layla recupere as pistas deixadas por Senfu - pedaços de tecido que não foram afetados pelo ataque de Harrow. Após uma longa batalha que colocou a vida de ambos em perigo, o casal parte para o deserto para tentar decifrar o enigma do medjai.

Após uma discussão com Layla, Marc permite que Steven tome o controle do corpo que dividem para resolver o quebra-cabeças de Senfu, que revela as posições das estrelas no céu quando o medjai ocultou Ammit. Para que o mapa estelar de Senfu possa ser usado de forma precisa, Khonshu “rebobina” o céu em cerca de alguns milênios, o que faz com que o restante da enéade decida prendê-lo permanentemente em pedra. Steven e Layla conseguem uma localização da tumba, mas perdem a ajuda do deus da Lua - e, consequentemente, do traje do Cavaleiro da Lua.

De volta à pirâmide de Gizé, Osiris informa a Harrow que Khonshu está aprisionado e o cultista pede para falar com seu antigo mestre. Segurando a estatueta que o prende, o vilão admite que sentia prazer em punir criminosos em nome do deus da Lua, e que a violência que causou é o grande pecado do qual ele tenta se redimir servindo Ammit. Antes dos créditos rolarem, Harrow diz a Khonshu que o deus egípcio é o grande responsável por sua iminente vitória.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.