Música

Lista

10 anos do MCU: Conheça os compositores da Marvel no cinema

Todos os responsáveis pela trilhas sonoras do estúdio

Julia Sabbaga
26.04.2018
17h01
Atualizada em
29.06.2018
02h42
Atualizada em 29.06.2018 às 02h42

Vingadores: Guerra Infinita chegou em ano de comemoração dos 10 anos do MCU, e em meio de tanta retrospectiva, vamos relembrar também todos os compositores que passaram pelas trilhas sonoras da Marvel no cinema. Confira:

13 - Homem de Ferro – Ramin Djawadi

Facebook/reprodução

O compositor do primeiro filme do MCU, Homem de Ferro, de 2008, foi Ramin Djawadi, que na época era consideravelmente menos conhecido do que hoje. Fã do herói, Djawadi foi atrás do diretor Jon Favreau quando soube que o filme estava sendo produzido, interessado em compor a trilha. Ele conseguiu o trabalho e criou a primeira trilha do MCU. Na época, seu trabalho mais aclamado era a trilha de Prison Break, e hoje ele mais associado aos trabalhos em Círculo de Fogo, Game Of Thrones e Westworld

12 - O Incrível Hulk – Craig Armstrong

facebook/reprodução

A trilha de O Incrível Hulk foi composta por Craig Armstrong, nome que foi escolha do diretor Louis Leterrier, interessado no trabalho do músico pelos arranjos da banda Massive Attack. Apesar de pouca experiência em filmes de ação, Armstrong já tinha ganho um BAFTA e um Golden Globe pela trilha de Moulin Rouge!, e um Grammy pela trilha de Ray. Desde Hulk ele também ganhou um Grammy por O Grande Gatsby

11 - Homem de Ferro 2 – John Debney

Facebook/Reprodução

Para o segundo Homem de Ferro, Favreau recorreu ao seu colaborador nas trilhas de Zathura: Uma Aventura Espacial e Um Duende em Nova York, John Debney. Indicado ao Oscar pela trilha de A Paixão de Cristo, Debney é amplamente aclamado pela trilha do criticado filme A Ilha da Garganta Cortada, de 95, comparada as trilhas da era de ouro de Hollywood. Desde então, Debney é conhecido pelas composições em Mogli: O Menino Lobo (também de Favreau) e O Rei do Show.

10 - Thor – Patrick Doyle

O diretor de Thor, Kenneth Branagh, também trouxe o seu frequente colaborador ao projeto, Patrick Doyle, indicado ao Oscar pela trilha de Hamlet, também da dupla, e Razão e Sensibilidade. Desde Thor, o escocês trabalhou também em Planeta dos Macacos: A Origem, Valente, Cinderella e Assassinato no Expresso do Oriente.

9 - Capitão América/ Os Vingadores/Guerra Infinita – Alan Silvestri

facebook/reprodução

O compositor mais elogiado no MCU, Alan Silvestri, trabalhou em três filmes do estúdio até hoje: Capitão América: O Primeiro Vingador, Os Vingadores e Vingadores: Guerra Infinita, e já é garantido em Vingadores 4. Silvestri é conhecido como compositor de trilhas clássicas, de Forrest Gump, a trilogia de De Volta Para o Futuro, e Uma Cilada Para Roger Rabbit. Mais recentemente, ele também marcou O Expresso Polar, que também rendeu indicação ao Oscar, e neste ano está em Jogador Nº 1.

8 - Homem de Ferro 3/ Thor: O Mundo Sombrio/Vingadores: Era de Ultron – Brian Tyler

facebook/reprodução

Brian Tyler compôs a trilhas para diversos filmes independentes e teve sua revelação maior à indústria em A Mão do Diabo, em 2001. Posteriormente, o compositor ficou conhecido por filmes de ação, passando por Constantine, filmes da franquia Velozes e Furiosos e Os Mercenários, e criou trilhas que acabaram sendo usadas como faixas temporárias nas produções da Marvel. Em 2013, o estúdio chamou Tyler para o Homem de Ferro 3 e ele eventualmente se tornou o primeiro compositor do MCU a trabalhar em mais de dois filmes do estúdio. 

7 - Capitão América: O Soldado Invernal e Guerra Civil – Henry Jackman

facebook/reprodução

Henry Jackman já havia demonstrado interesse em participar do MCU no primeiro Capitão América, e apesar de Alan Silvestri ter conseguido o trabalho, Jackman foi chamado para o segundo filme do herói. O músico era conhecido pela trilha de Kick-Ass: Quebrando Tudo e X-Men: Primeira Classe e pouco antes do Capitão América, recebeu prêmio no BAFTA pela trilha de Capitão Phillips. Quando foi chamado para Guerra Civil, Jackman se tornou o primeiro compositor do MCU a trabalhar tanto em um filme quanto em sua sequência.

6 - Guardiões da Galáxia Vol.1 e Vol.2 – Tyler Bates

facebook/reprodução

Tyler Bates foi a escolha curiosa de James Gunn para a trilha de Guardiões da Galáxia Vol. 1 e Vol. 2. O guitarrista do Marilyn Manson, produtor e também compositor de trilhas do cinema era conhecido principalmente por seu trabalho em filmes de terror e fantasia, inclusive de Madrugada dos Mortos de 2004, escrito por James Gunn, e Seres Rastejantes e Super, do diretor. Desde Guardiões, Bates também criou a trilha da série Justiceiro, da Netflix, Atômica, e estará em Deadpool 2.

5 - Os Vingadores: A Era de Ultron – Brian Tyler e Danny Elfman

Em A Era de Ultron, Brian Tyler contou com colaboração de Danny Elfman, já indicado ao Oscar 4 vezes e nome familiar nas trilhas de filmes de herói. Elfman já passou por Batman, Batman: O Retorno, a trilogia de Sam Raimi de O Homem Aranha e entrou no projeto para trilhas adicionais, criando um novo tema baseado na música de Alan Silvestri para os Vingadores. Desde então, Elfman também passou por Liga da Justiça.

4 - Homem-Formiga – Christophe Beck

Christophe Beck foi anunciado como o compositor de Homem-Formiga depois de Steven Price ter deixado o projeto junto com Edgar Wright. Beck era mais conhecido por seu trabalho em Buffy: A Caça-Vampiros, mas tinha colaborado com o diretor Peyton Reed também na comédia Teenagers – As Apimentadas. Desde então ele também compôs a trilha de Snoopy e Charlie Brown: Peanuts - O Filme e Trolls, e também está confirmado na sequência Homem-Formiga e a Vespa.

3 - Doutor Estranho e Homem-Aranha: De Volta ao Lar – Michael Giacchino

facebook/divulgação

Michael Giacchino havia tentado entrar no MCU no primeiro Capitão América, mas seu primeiro trabalho só aconteceu em Doutor Estranho, em 2016. Ele já era elogiado desde sua criação na música da série Lost, e no mesmo ano trabalhou em seu primeiro grande filme, Os Incríveis, da Pixar. Indicado ao Oscar pela música de Ratatouille e vencedor pela música de Up, Giacchino desde então passou também por Rogue One – Uma História Star Wars e voltou ao estúdio para Homem-Aranha: De Volta ao Lar.

2 - Thor: Ragnarok – Mark Mothersbaugh

facebook/divulgação

Mark Mothersbaugh foi outra escolha excêntrica para o MCU, entrando em Thor: Ragnarok, dirigido por Taika Waititi. Famoso desde os anos 70 como fundador e vocalista da banda Devo, Mothersbaugh criou diversas trilhas de séries infantis e games, e no cinema fez colaborações frequentes com Wes Anderson, além da trilha de Anjos da Lei e Uma Aventura Lego.

1 - Pantera Negra – Ludwig Göransson

Instagram/reprodução

Para a trilha orquestral de Pantera Negra, o diretor Ryan Coogler manteve seu colaborador de Creed e Fruitvale Station: A Última Parada, o compositor sueco Ludwig Goränsson. O músico também tem créditos em Community e desde Pantera Negra também entrou em Desejo de Matar e foi confirmado como compositor em Venom.