Lollapalooza 2022: tesouros escondidos no line-up do festival

Créditos da imagem: LP, Kehlani e MC Tha, atrações do Lollapalooza 2022 (Reprodução/Montagem Omelete)

Música

Lista

Lollapalooza 2022: tesouros escondidos no line-up do festival

Para além dos headliners e dos ícones nacionais, o Lolla tem muito mais música a oferecer

Omelete
1 min de leitura
Caio Coletti
22.03.2022, às 11H05

The Strokes, Miley Cyrus e Foo Fighters são um trio de peso, a gente sabe… Mas nem só de headliners se faz um festival, e a programação farta do Lollapalooza 2022 oferece muitas oportunidades de encontrar a sua nova paixão musical, ou assistir ao show daquele artista meio indie que você sempre gostou e nunca teve esperança de ver ao vivo.

Abaixo, nós garimpamos algumas das preciosidades do line-up do festival, que acontece entre 25 e 27 de março no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Confira:

LP

A nova-iorquina Laura Pergolizzi lança música sob o nome artístico LP desde o começo dos anos 2000. No entanto, foi só a partir do disco Lost on You (e do single de mesmo nome), em 2016, que suas composições pop rock conquistaram um público maior - especialmente na América Latina. Com um timbre único e melodias marcantes assistidas por uma percussão sempre forte, LP vem ao Brasil com a turnê do álbum Churches, lançado em dezembro - se você nos perguntar, o melhor dela até hoje. LP estará no palco Budweiser às 16h40 da sexta-feira (25).

070 Shake

Esta rapper e cantora americana, de ascendência dominicana, vem com o selo de aprovação de gigantes do hip hop como Kanye West, Nas e DJ Khaled. Preparando-se para o lançamento do segundo álbum de estúdio, que ganhou o título engenhoso de You Can’t Kill Me Because I Don’t Exist, a jovem artista (24 anos) promete conquistar o público do Lolla com as suas baladas climáticas, levadas pelo sintetizador, um som perfeito para o horário em que está escalada - às 18h da sexta-feira (25), no palco Perry’s.

MC Tha

Talento nascido nos bailes funk de Cidade Tiradentes, na periferia de São Paulo, MC Tha hoje faz um misto triunfante de ritmos tradicionais brasileiros, referências religiosas e pop eletrônico. O disco de estreia, Rito de Passá, encapsula bem essa sonoridade única, assim como as frequentes colaborações com Jaloo, seu amigo próximo, em faixas como “Céu Azul” e “Onda”. MC Tha sobe ao palco Adidas às 13h05 do sábado (26).

Jup do Bairro

A artista do Capão Redondo, que ficou conhecida como parceira musical de Linn da Quebrada, conquistou ainda mais fãs ao lançar o EP solo Corpo Sem Juízo, em 2020. Misturando funk paulista, R&B, hip hop e experimentações eletrônicas inspiradas em Björk, a cantora expressa, por vezes com muito bom humor e por vezes com muita seriedade, a sua vivência como mulher transgênero negra da periferia. Jup se apresenta às 14h45 do sábado (26) no palco Adidas.

Remi Wolf

Com aquela vozinha esganiçada charmosa que caracteriza o soul pop moderno, Remi Wolf é um dos talentos mais interessantes da nova safra de divas indie americanas. Misturando hip hop, funk e sons eletrônicos, além de sua sensibilidade visual psicodélica, ela vem ao Brasil divulgar o disco de estreia, Juno, lançado no ano passado. Atenção para a excelente “Sexy Villain”, com sua guitarra rasgada, e para a curiosa “Anthony Kiedis”, batizada em homenagem ao vocalista do Red Hot Chili Peppers. Remi sobe ao palco Adidas às 16h55 do sábado (26).

Two Feet

Vindo da tradição do blues e do jazz americanos (ele passou a adolescência tocando em vários conjuntos do gênero), o cantor e compositor Two Feet foi uma adição de última hora ao Lollapalooza, mas merece a atenção do público. Seus hits virais “I Feel Like I’m Drowning” e “Go Fuck Yourself”, além do recente single “Day By Day”, mostram bem como ele mistura ritmos tradicionais com uma instrumentação eletrônica que promete mobilizar o público do festival. O artista toca às 16h55 do sábado (26), no palco Budweiser.

Goldfish

Este duo sul-africano que mistura dance music, jazz e influências regionais já é icônico no país de origem, e certamente tem seus seguidores entre os fãs de eletrônica ao redor do mundo, mas a inclusão no Lollapalooza pode fazê-los ganhar os corações de um novo público. É só dar uma chance para as batidas contagiantes, sintetizadores dinâmicos e clipes ultra coloridos do Goldfish que você provavelmente não vai resistir… Eles sobem ao palco Perry’s às 17h15 do domingo (27).

Kehlani

Celebrada como um dos maiores talentos do R&B americano desde que saiu do grupo Poplyfe para lançar carreira solo, Kehlani vem conquistando cada vez mais fãs com as suas canções climáticas, românticas, sensuais e orquestradas. A cantora vem ao Brasil pouco antes de lançar o seu terceiro álbum de estúdio, intitulado Blue Water Road, que sai ainda este ano e já ganhou os singles “Altar” e “Little Story”. O show acontece às 20h30 do domingo (27), no palco Adidas.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.