Foto de Lollapalooza Brasil

Créditos da imagem: Lollapalooza Brasil/Camila Cara/Divulgação

Música

Artigo

Lollapalooza | Kendrick Lamar faz show para fãs antigos e novos no Brasil

Saiba como foi o encerramento eletrizante do Lolla 2019

Fábio de Souza Gomes
07.04.2019
23h46

Kendrick Lamar é um dos principais rappers da atualidade e provou isso em seu show no Lollapalooza 2019. Com um setlist repleto de sucessos atuais e clássicos do início de sua carreira, ele fez um show completo.

Ao longo de sua trajetória o artista sempre trabalhou muito bem a imagem e o som em seus clipes. As ideias por trás de seus vídeos sempre elevam suas músicas de alguma maneira e seu show visualmente é muito bem trabalhado. Lamar abre com um clipe onde brinca com clássicos dos anos 70 de kung fu e diz que é o “escolhido”. Imediatamente uma explosão toma o palco e Lamar aparece todo de vermelho cantando "DNA.", música perfeita para começar um show. 

O início potente da canção fez o público sair do chão e ele logo ele emenda uma sequência de canções de seus antigos trabalhos - To Pimp a Butterfly, Good Kid e M.a.a.d. City. O setlist foi pensado para agradar fãs mais novos e, especialmente, os mais antigos do rapper, que eram muitos na noite deste domingo. Tanto que o próprio Lamar se surpreendeu com alguns pedidos do público, como a música "Hiiipower", que está em um de seus álbuns menos famosos, o Section.80. O rapper, contudo, decidiu se manter no presente e mandou em seguida "LOYALTY", que gravou ao lado de Rihanna no álbum DAMN

Para balancear o setlist, o rapper tocou "XXX", que parece que propositalmente acalmou o público para o que viria em seguida com "M.A.A.D. City". A transição de uma para outra foi perfeita e a música de seu terceiro álbum levou o público a loucura e muitos começaram a cantar junto com o rapper. Ao final da canção, Lamar ficou visivelmente emocionado com a recepção dos brasileiros e precisou de um momento antes de cantar "LOVE". 

O final de seu show foi um clássico atrás do outro com "Bitch, Don’t kill my Vibe", "Alright" e "Humble" que fizeram o público pular até o fim. Para completar, ele ainda voltou para um bis onde o fato de ter escolhido tocar com um trio formado por bateria, guitarra e teclado fez toda a diferença. "All the Stars" ganhou ares épicos com o instrumental e o rapper fechou prometendo voltar ao país. 

Lamar conta com uma grande presença de palco e é um dos poucos artistas que ainda sabe trabalhar com o telão, pois o curta exibido no começo ganha duas sequências que completam a história. O rapper é um dos grandes artistas da atualidade e no Brasil soube fazer um grande show para fãs novos e antigos e fechou muito bem o Lollapalooza 2019.

Setlist 

  • DNA.
  • ELEMENT.
  • King Kunta
  • Big Shot
  • Goosebumps 
  • Collard Greens 
  • Swimming Pools (Drank)
  • Backseat Freestyle
  • LOYALTY.
  • LUST.
  • Money Trees
  • XXX.
  • m.A.A.d city (part. I)
  • PRIDE.
  • LOVE.
  • Bitch, Don't Kill My Vibe (remix)
  • Alright
  • HUMBLE

BIS

  • All the Stars