Conheça Locke & Key, nova série da Netflix baseada em aclamada HQ de terror

Netflix

Artigo

Conheça Locke & Key, nova série da Netflix baseada em aclamada HQ de terror

Nova produção do serviço de streaming é baseado nos quadrinhos de Joe Hill e Gabriel Rodriguez

Gabriel Avila
21.01.2020
16h50
Atualizada em
27.03.2020
10h28
Atualizada em 27.03.2020 às 10h28

Seguindo seu investimento em produções originais, a Netflix tem entre seus próximos lançamentos Locke & Key, série baseada na HQ de Joe Hill e Gabriel Rodriguez. Ao longo de 48 edições, a dupla construiu um universo que mistura horror e fantasia que se inspira em clássicos na mesma medida em que adiciona novos conceitos. Após várias tentativas frustradas de de levar um quadrinho tão excêntrico para as telas, o seriado foi resgatado pelo serviço de streaming, que se prepara para lançar a primeira temporada da produção em 7 de fevereiro.

Locke & Key acompanha a jornada dos Locke, família forçada a se mudar após o assassinato do patriarca Rendell (Bill Heck). Respeitando um de seus desejos em vida, a esposa Nina (Darby Stanchfield) e os filhos Tyler (Connor Jessup), Kinsey (Emilia Jones) e Bode (Jackson Robert Scott) deixam sua casa para viver na misteriosa mansão Key House, que até então estava habitada apenas por Duncan, o irmão mais novo de Rendell. 

Lá, cada um dos sobreviventes à invasão que vitimou seu pai reage ao luto de sua própria forma: a mãe se afunda no álcool, o primogênito medita sobre seu remorso, a garota decide mudar seu visual para ficar “invisível” na nova cidade e o caçula Bode explora seu novo lar. Em suas aventuras, ele descobre a existência de uma chave mágica que confere um poder sobrenatural ao atravessar uma porta aberta com ela. Como essa não é a única das chaves extraordinárias presentes no local, uma antiga força maligna ressurge com interesse nos novos moradores - e em como eles podem atender seus interesses nefastos.

As chaves mágicas da Key House

Divulgação/Netflix

Explicar sobre o que a história trata sem cair em spoilers é uma tarefa ingrata, já que o charme da publicação é justamente a forma como as peças do quebra-cabeça vão se encaixando. Ainda que jornada dos Locke não seja exatamente inédita, já que vários dos conflitos do quadrinho emulam clássicos do terror, a narrativa dilui referências claras a obras como IT: A Coisa e O Chamado, ao investir em sua própria mitologia. Cada explicação guarda um novo mistério, que pode se tratar de poderes, ameaças ou até mesmo linhas temporais.

Ainda que se mantenha obscura do grande público, Locke & Key é uma HQ que chamou atenção logo após seu lançamento, já que sua primeira edição se esgotou em um dia. Com boas vendas e vitórias em premiações, não demorou para que os direitos de adaptação do quadrinho fossem adquiridos, e, em 2010, se iniciou uma longa jornada para que os Locke chegassem às telinhas. Primeiro a FOX encomendou um piloto, que chegou a ser exibido na San Diego Comic-Con, mas foi rejeitado pela emissora. Depois foi a vez da Universal encomendar um filme baseado no quadrinho, que também não foi pra frente. O projeto chegou até no Hulu, que chegou a envolver grandes diretores como Andy Muschietti (It: A Coisa) e Scott Derrickson (Doutor Estranho) antes de abandoná-lo. Foi apenas em 2018, quando a Netflix assumiu os direitos, que a adaptação finalmente foi para frente.

A equipe da série já assegurou fidelidade ao quadrinho, com direito a uma prévia que compara cenas da produção com a HQ. Porém, tanto o trailer quanto a primeira cena indicam que vai tomar novos caminhos em relação ao material original. Comandada por Carlton Cuse (Lost), Aron Eli Coleite (Heroes) e Meredith Averill (A Maldição da Residência Hill), a produção deve ganhar atualizações que podem amplificar o potencial dramático da série, com uma transição bem-feita das HQs para a TV.