Filmes

Artigo

Homem-Aranha: De Volta ao Lar | Entenda o siginificado das cenas pós-créditos do filme

Longa já está em cartaz no Brasil

Natália Bridi
06.07.2017, às 18H20
ATUALIZADA EM 29.06.2018, ÀS 02H40
ATUALIZADA EM 29.06.2018, ÀS 02H40

Homem-Aranha: De Volta ao Lar segue a tradição do Universo Cinematográfico da Marvel  de manter o público na sala de cinema até o último segundo. Desta vez são duas cenas que continuam a história entre os créditos.

[Cuidado com os spoilers!]

A primeira, logo depois dos créditos animados, mostra o encontro entre Adrian Toomes (Michael Keaton), o Abutre, e Mac Gargan (Michael Mando), o futuro Escorpião. Os dois se esbarram nos corredores da prisão e conversam brevemente sobre Homem-Aranha. Gargan, que era um dos compradores das armas de tecnologia alienígena vendidas por Toomes, foi preso durante a venda frustrada pelo amigão da vizinhança na balsa de Staten Island. Durante o incidente, Gargan, que já carregava um escorpião tatuado no pescoço, ganha uma cicatriz no rosto e tem seu braço gravemente ferido, recebendo diversos pinos que lembram a cauda do seu “mascote”.

Na conversa com Toomes, Gargan questiona o ladrão sobre a identidade do Aranha, uma curiosidade que remete ao vilão dos quadrinhos. Criado por Stan Lee e Steve Ditko na Amazing Spider-Man #19, o personagem surgiu originalmente como um investigador contratado por J. Jonah Jameson para descobrir como Peter Parker conseguia fotografar o Homem-Aranha. Depois ele foi usado pelo próprio Jameson como cobaia em uma matéria sobre mutações animais em humanos. O experimento executado pelo Dr. Farley Stillwell deu a Gargan força e agilidades semelhantes a um escorpião e o cientista o presenteou com uma roupa especial dotada de uma cauda mecânica controlada mentalmente.  

No cinema, Gargan dificilmente seguirá a mesma origem, mas os seus ferimentos podem justificar experimentos que levem aos seus poderes. Como De Volta ao Lar estabelece experimentos com tecnologia alienígena e a presença nesse universo de animais que podem dar poderes a humanos (como no caso da roupa high tech do Abutre e da origem dos poderes do próprio Peter Parker), abre-se a possibilidade de isso ser usado como gancho e justificativa não só para Escorpião, mas como para diversos vilões do universo do aracnídeo. O encontro dos criminosos na prisão também começa a traçar o caminho para o Sexteto Sinistro, um velho sonho da Sony (saiba mais), e a resistência de Toomes em revelar a identidade do Aranha promete uma interessante relação entre vilão e herói para os próximos filmes.

Já a segunda cena pós-créditos não precisa de muita explicação. Trata-se de mais um recado gravado por Capitão América (que aparece em dois momentos durante o filme). Dessa vez, o vídeo educacional fala sobre a importância da paciência em uma brincadeira com as pessoas que ficam na sala até o fim dos créditos. O mais interessante da participação de Steve Rogers (Chris Evans) em De Volta ao Lar é o comentário do Treinador Wilson (Hannibal Buress) sobre o ex-Vingador ser um criminoso de guerra. Isso já era fato após os eventos de Guerra Civil, mas a fala alimenta a expectativa em torno de como veremos o personagem em Vingadores: Infinita. Um dos easter eggs também menciona um novo escudo para o Capitão América. Seria para Rogers mesmo ou outro membro da equipe de Tony Stark assumirá o posto?

O próximo filme da Marvel nos cinemas será Thor: Ragnarok (2 de novembro de 2017), seguido por Pantera Negra (15 de fevereiro de 2018) e Vingadores: Guerra Infinita (26 de abril de 2018). Homem-Aranha só voltará para uma aventura solo em 2019, após os eventos de Vingadores 4 - saiba mais.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.