Filmes

Artigo

Oscar 2005 - Os vencedores

Oscar 2005 - Os vencedores

Marcelo Forlani
28.02.2005
00h00
Atualizada em
29.06.2018
02h40
Atualizada em 29.06.2018 às 02h40

Quando Chris Rock abriu a boca, logo soltou: Bem-vindo à 77ª e última edição do Oscar e, como é de costume, não parou mais de falar. Entre seus esquetes, não poupou nem Nicole Kidman, Colin Farrel, ou ele mesmo. As coisas estavam indo bem, as piadas eram boas e todos se divertiam... os astros no Kodak Theater e os telespectadores em casa, mas não durou muito. Difícil dizer se já estava programado para acontecer assim, ou se as brincadeiras com o presidente George W. Bush (que ganhou Framboesas de Ouro pela sua participação em Fahrenheit 11 de setembro) fizeram alguém da Casa Branca ligar e censurar o humorista. Fato é que depois disso, ele praticamente só chamava as pessoas que iriam apresentar os indicados, sem muitas piadas.

Após mais ou menos uma hora, o presidente da Academia chegou com seu discurso politicamente correto e dedicou o show aos soldados americanos, onde quer que eles estivessem defendendo o mundo. Logo em seguida, Al Pacino chamou Sydney Lumet, que atualmente está dirigindo Vin Diesel em Find me guilt, para receber sua homenagem e Oscar pelo conjunto da obra.

Três dos melhores discursos de agradecimentos chegaram quase no final do show. O músico uruguaio Jorge Drexler cantou a música vencedora do prêmio, Al outro lado del río. A canção é a primeira em língua espanhola a ser indicada ao prêmio e gerou grande polêmica (leia aqui) porque seu autor não foi chamado para interpretá-la, papel que coube a Antonio Banderas e o guitarrista Carlos Santana. Foi sem dúvida um protesto cantado e elegante. O outro discurso que marcou a noite, foi o thank you de Hilary Swank. Mesmo sendo a franca favorita, a atriz parecia surpresa, emocionada e fez questão de agradecer a (aparentemente) todas as pessoas que ela conhece, em especial (claro!) o diretor Clint Eastwood, que ela chamou de Mo Cuishle. Quem também era favorito, mas não deixou de usar todo o tempo que tinha para agradecer a todos que o fizeram chegar lá foi Jamie Foxx, que interpretou Ray Charles. Ao lembrar de sua avó, o ator não conseguiu conter suas lágrimas.

Se até a entrega dos últimos dois prêmios (diretor e filme) O Aviador já se destacava dos demais por ter conseguido cinco estatuetas, a cara de Martin Scorsese era de quem já sabia que aquela ainda não seria a sua noite. Subindo duas vezes consecutivas ao palco, Clint Eastwood conseguiu seu segundo Oscar como diretor (antes ganhara por Os imperdoáveis - 1992) e levou também o de Melhor filme. Ao todo, Menina de ouro ganhou 4 Oscar, sendo seguida por Os incríveis e Ray, que conseguiram dois carecas dourados cada.

Veja agora a lista dos vencedores:

Melhor filme

Menina de ouro
O Aviador
Em busca da Terra do Nunca
Ray
Sideways

Direção

Clint Eastwood - Menina de ouro
Martin Scorsese - O Aviador
Taylor Hackford - Ray
Mike Leigh - Vera Drake
Alexander Payne - Sideways

Melhor ator

Jamie Foxx - Ray
Leonardo DiCaprio - O Aviador
Clint Eastwood - Menina de ouro
Don Cheadle - Hotel Rwanda
Johnny Depp - Em busca da Terra do Nunca

Melhor atriz

Hilary Swank - Menina de ouro
Annette Bening - Being Julia
Catalina Sandino Moreno - Maria Cheia de Graça
Imelda Staunton - Vera Drake
Kate Winslet - Brilho eterno de uma mente sem lembrança

Melhor ator coadjuvante

Morgan Freeman - Menina de ouro
Alan Alda - O Aviador
Thomas Haden Church - Sideways
Jamie Foxx - Colateral
Clive Owen - Perto demais

Melhor atriz coadjuvante

Cate Blanchett - O Aviador
Laura Linney - Kinsey
Virginia Madsen - Sideways
Sophie Okonedo - Hotel Rwanda
Natalie Portman - Perto demais

Melhor Animação

Os Incríveis
O Espanta Tubarões
Shrek 2

Filme estrangeiro

Mar adentro (Espanha)
As it is in heaven (Suécia)
A voz do coração (França)
A Queda! - As últimas horas de Hitler (Alemanha)
Yesterday (Africa do Sul)

Roteiro adaptado

Sideways
Antes do pôr-do-Sol
Em busca da Terra do Nunca
Menina de ouro
Diários de motocicleta

Roteiro original

Brilho eterno de uma mente sem lembrança
O Aviador
Hotel Rwanda
Os Incríveis
Vera Drake

Direção de arte

O Aviador
Em busca da Terra do Nunca
Desventuras em série
O fantasma da Ópera
Eterno amor

Fotografia

O Aviador
House of Flying Daggers
A paixão de Cristo
O fantasma da Ópera
Eterno amor

Figurino

O Aviador
Em busca da Terra do Nunca
Desventuras em série
Ray
Tróia

Melhor Documentário

Born into Brothels (As vidas dos filhos de prostitutas em Calcutá)
Camelos também choram (Uma família de mongóis pede ajuda a um músico ritualista para que ele ajude uma camela a aceitar sua cria)
Super Size Me (Documentarista enfrenta uma overdose de McDonalds)
Tupac: Resurrection (A vida de Tupac Shakur)
Twist of fate

Melhor documentário curta-metragem

Mighty times: The children´s march
Autism is a word
The children of Leningradsky
Hardwood
Sister Rose´s Passion

Edição

O Aviador
Menina de ouro
Ray
Em busca da Terra do Nunca
Colateral

Maquiagem

Desventuras em série
A paixão de Cristo
Mar adentro

Trilha sonora

Em busca da Terra do Nunca
Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban
Desventuras em série
A paixão de Cristo
A vila

Canção

Al Otro Lado Del Río - Diários de motocicleta
Accidentally In Love - Shrek 2
Believe - Expresso polar
Learn To Be Lonely - O fantasma da Ópera
Look To Your Path (Vois Sur Ton Chemin) - A voz do coração

Edição de som

Os Incríveis
Expresso polar
Homem-Aranha 2

Mixagem de som

Ray
O Aviador
Os Incríveis
Expresso polar
Homem-Aranha 2

Efeitos visuais

Homem-Aranha 2
Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban
Eu, robô

Curta de animação

Ryan
Birthday boy
Gopher broke
Guard dog
Lorenzo

Curta-metragem

WASP
Everything in this country must
Little terrorist
7:35 in the morning
Two cars, one night

Leia mais sobre o Oscar 2005

OSCAR 2011 | Filmes indicados e ganhadores