And Just Like That | Criador do revival de Sex and The City explica morte

Créditos da imagem: Divulgação

Séries e TV

Notícia

And Just Like That | Criador do revival de Sex and The City explica morte

Estreia da sequência da série trouxe grande surpresa

Beatriz Amendola
11.12.2021, às 16:18

[Atenção: spoilers de And Just Like That adiante]

And Just Like That, a sequência de Sex and the City, terminou seu primeiro episódio com um grande choque: a morte de Big (Chris Noth), o grande amor de Carrie (Sarah Jessica Parker). E o criador da produção, Michael Patrick King, explicou o porquê de ter resolvido matar o personagem logo de cara. 

"Eu decidi antes [de escrever a nova série] que ele morreria", contou à revista Entertainment Weekly. "Eu não teria voltado se não tivesse um impulso forte de explorar a ideia de 'é melhor amar e perder do que nunca ter amado', com a personagem que nunca fez nada mais do que tentar encontrar o amor com essa pessoa". 

Ele ainda disse que se sentiu confortável porque manteve "o mesmo DNA" da série original: "As pessoas esquecem, mas Carrie nunca teve Big. Ela o teve brevemente. E ela não tem Big agora; é apenas uma circusntância diferente, mais final".

King ainda afirmou que a trama se conecta com o discurso de amor próprio feito por Carrie ao fim de Sex and the City. "Carrie diz que a relação mais desafiadora e significativa que você terá é com você mesmo. Então esta série é sobre essa relação: estamos tentando provar a tese de que você é suficiente".

And Just Like That é exibida semanalmente, na HBO Max. 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.